terça-feira, 4 de maio de 2010

A deputada parisiense e o deputado da ilha do Corvo

Não percebo tanta gritaria em torno das viagens da deputada Inês de Medeiros.
Sendo que um cidadão português residente no estrangeiro se pode candidatar à Assembleia, e que as viagens de Paris custam menos do que as viagens de um (hipotético?) deputado da ilha do Corvo, onde está o problema?
Cheira-me a "os políticos só querem é meter dinheiro ao bolso" de rabo de fora,