segunda-feira, 10 de maio de 2010

Pergunto-me

Será que o Vaticano comprou a Carris?

10 comentários :

  1. Já viu a página no site da Carris dedicada a Sua Santidade? Vou tornar-me cliente da Carris!

    ResponderEliminar
  2. A Carris deveria estar ao serviço de todos os cidadãos, e não apenas de católicos como o António Parente.

    ResponderEliminar
  3. A Carris está ao serviço de todos os cidadãos. Se o Ricardo Alves comprar um bilhete pode viajar por toda a cidade. A Carris não discrimina ninguém: crente ou não crente, todos viajam.

    ResponderEliminar
  4. Não era às viagens que me referia, mas sim à propaganda. Sabe-o bem.

    ResponderEliminar
  5. Vai ver que a Carris também se associará ao centenário da nossa querida república.

    ResponderEliminar
  6. Já se associou. Está lá no site. E também se associou ao Sporting, ao Rock in Rio, etc.

    ResponderEliminar
  7. São as frustrações católicas dos anti-católicos que dão para o rancor e para a histeria. Bem lá no fundo ainda são mais católicos que os outros. Um dia acabam todos a ir à missa e a protestar contra quem não liga nenhuma à igreja, conheço dois assim. Tipo ex-fumadores contra o fumo dos outros.

    ResponderEliminar
  8. Um ex-fumador que é contra o fumo dos outros é mais fumador que os outros?

    E não é legítimo que em certas situações uma pessoa, ex-fumadora ou nunca-fumadora, reclame contra o fumo que os outros lhe impingem?

    Estas comparações de algibeira mostram bem qual é o grau de reflexão que muitas pessoas dedicam a questões de cidadania, em particular o laicismo...

    ResponderEliminar
  9. Que as pessoas decidam pela sua cabeça é exactamente aquilo que defendo. Que o façam sem serem criticados é justamente aquilo a que me oponho.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.