sexta-feira, 21 de maio de 2010

Não é nada com eles

No Fórum organizado pelo Diário Económico quem ouvisse os maiores banqueiros do país julgaria que a crise não é nada com eles. Não faltou a frase "os portugueses vivem acima das suas possibilidades". Obviamente que a banca não tem nada a haver com a publicidade martelada a toda a hora nas televisões a incitar os portugueses à dívida, primeiro foi para comprar casa, depois o carro, depois os móveis, de seguida o ordenado com um mês de antecedência e até se chegou ao ponto de penalizar os clientes que não faziam uso do cartão de crédito, justamente os que viviam segundo as suas possibilidades. Obviamente que os banqueiros não vivem acima das suas possibilidades, nunca receberam bónus milionários, pára-quedas dourados, nunca voaram em jactos privados da empresa para ir às compras em Nova Iorque, nunca beneficiaram de mordomias que vão desde a viatura topo de gama aos cartões dourados da empresa que circulam entre familiares, amigos e amantes.

Os portugueses vão agora pagar através dos seus impostos os custos destes excessos, mas obviamente a culpa não é da banca, a culpa é dos desempregados e dos ciganos do rendimento mínimo que vivem acima das suas possibilidades...