sábado, 21 de janeiro de 2012

Crítica Injusta

Agora ninguém mais pode acusar o PS de ser «de direita quando está no governo, e de esquerda quando está na oposição».
Neste momento, em particular na resposta à mais recente desgraça concertação social, é difícil identificá-lo como um partido de esquerda. E consta que está na oposição (poucos diriam).