quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Premiar os culpados da crise

Depois de Mario Draghi, Mario Monti e Lucas Papadémos (ex-Goldman Sachs), mais um cargo político europeu importantíssimo atribuído a um quadro oriundo de uma das empresas financeiras responsáveis pela crise mundial: Luís de Guindos (ex-Lehman Brothers) é Ministro da Economia do governo Rajoy. Não há vergonha na cara.

1 comentário :

O Senhor dos Queijos disse...

os culpados da crise não foram os accionistas de bancos e construtoras que se alaparam aos estados no 1º systema socialista-capitalista da história

em que se socializaram os prejuízos de dezenas de milhares de empresas

e os lucros ficaram nas mãos de uns quantos (políticos e economistas e barões da banca receberam uns trocos...os grandes accionistas em 10 anos de lucros absurdos lucraram muito mais com um systema que sabiam insustentável