segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Condenável é alguém meter o bedelho no que lá se passa

Em comunicado, o PCP «reafirma a solidariedade para com o povo coreano perante as pressões, agressões e tentativas de desestabilização do imperialismo (...) e, ao mesmo tempo, a mais firme rejeição da agenda intervencionista do imperialismo, designadamente dos EUA». O PCP, portanto, não manifesta solidariedade com o povo coreano perante a repressão violenta a que é sujeito. Isso seria «ingerência nos assuntos internos» do regime do Presidente Eterno, coisa extremamente condenável. O PCP manifesta solidariedade, isso sim, contra as «pressões»(?) a que está sujeita uma das ditaduras mais concentracionárias do mundo. Para que conste...