terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Poder de Compra na UE

Por vezes chama-se "poder de compra" ao PIB per capita, o que é errado por 1001 razões, mesmo quando se toma em consideração os diferentes preços (a chamada power purchasing standard). A principal razão é que no PIB entram rendimentos de empresas estrangeiras em Portugal... o que obviamente não é consumido pelos portugueses.
O Eurostat publica hoje os valores do Actual Individual Consumption (o consumo real de cada cidadão, medido em PPS), para mim a coisa que mais se assemelha ao tal "poder de compra":


Fica claro que os paraísos fiscais (Irlanda, Luxemburgo, Holanda, etc.) têm os valores do PIB bem inflacionados, que Portugal está bem melhor do que os países de Leste mais ricos, e que afinal só estamos 16% abaixo da média europeia.

2 comentários :

  1. no PIB do Luxemburgo e da Holanda idem (ou seja entram de empresas estrangeiras e muito mais)

    resumindo: o raciocínio aplica-se a todos os outros..pecebido?

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.