domingo, 18 de dezembro de 2011

Emigrai, portugueses!

Governos houve que tentaram travar a emigração. Outros que tentaram até trazer imigrantes. O de Passos Coelho é o primeiro a incentivar os portugueses a emigrar. Que eu saiba, é caso único no mundo «desenvolvido».

Aprecio a sinceridade de Passos Coelho. Ele próprio tentou a carreira de professor de Matemática aos dezoito anos, para depressa perceber que nem a Matemática nem o ensino tinham futuro. E compreender que o seu papel histórico seria conseguir a emigração de todo o pessoal qualificado de Portugal. Porque realmente não fazem falta. No seu projecto de sociedade, só há lugar para empregados da «indústria» hoteleira, banqueiros e polícias para guardar os bancos (e infiltrar manifestações). Este país não é para professores (trauma de licenciado aos 40?). É começar a tratar dos papéis...