sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

É assim que a UE dialoga com os laicistas

6 comentários :

  1. A religião é um negócio da China e estes parasitas - bispos e etc. - têm muito a perder.

    ResponderEliminar
  2. Ó Filipe,
    Quando dizes "a religião é um negócio da China" queres dizer: vamos tratar os religiosos na Europa da mesma maneira como são tratados na China,não?
    Se alguém perde com o fim da religião são os ateístas. Tal como os parasitas sem hospedeiro, ficam sem alimento que permita a sua sobrevivência.

    ResponderEliminar
  3. O que o Nuno disse não faz sentido nenhum. Tamanha distorção do que o Filipe disse só pode vir mesmo de alguém habituado a aceitar esse tipo de manipulações.

    A religião é um problema, e para o explicar melhor deixo aqui um desenho:

    http://i.imgur.com/i2ppW.jpg

    ResponderEliminar
  4. Nuno Gaspar,
    eu sonho com o dia em que deixe de ser necessário dizer que sou ateísta. Pode não entender, mas é mesmo assim.

    ResponderEliminar
  5. Alves dos Reys disse: eu sonho com o dia...

    tradução de Agostinho Fortes 1908


    "ou seja uma revolução para recuar ou para avançar, para restaurar o passado ou para apressar o futuro, pois que reaccionarios e liberais detestam o presente com a mesma intensidade

    1º volume Max Nordau página 17
    Mané, Thécel,Pharés

    pois que reaccionarios e liberais detestam o presente com a mesma intensidade

    a repetição leva à interiorização dos con ceitos...

    Um Bon Papai Marx pra ocê...
    e un infeliz ano novo

    ResponderEliminar
  6. "ou seja uma revolução para recuar ou para avançar, para restaurar o passado ou para apressar o futuro, pois que reaccionarios e liberais detestam o presente com a mesma intensidade

    pronto eu sey que são lerdos

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.