terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O "trabalhador" Amorim e a vingança do Catroga

É claro que qualquer empresa tem "despesas de mercearia". Com tampões é que já não sei. Mas a notícia não fala só em tampões: fala em "despesas pessoais", nomeadamente "desde viagens da família para destinos turísticos a despesas com massagens". Podem ser mais mediáticos mas, comparados com estas últimas, e como diria o Eduardo Catroga, os tampões são conversa de pentelhos.