segunda-feira, 10 de outubro de 2011

O crime compensa

Mentir ou omitir dados às instituições fiscalizadoras compensa. Ter uma dívida per capita que é o triplo da da República compensa. Fazer obra com o dinheiro dos outros compensa. Meter um terço da população activa em empregos da administração regional compensa. Não aplicar uma lei de incompatibilidades compensa. Favorecer as empresas dos amigos compensa. Não haver limitação de mandatos compensa. Dividir o mundo entre «nós» e «eles» compensa. Marimbar-se para o todo nacional compensa. Ter os presidentes de Junta nos locais de voto compensa. Transportar eleitores para votarem compensa. Ter o apoio da ICAR compensa. Controlar a imprensa regional compensa. Ter uma oposição dispersa compensa. Fazer chantagem separatista compensa. Insultar toda a gente compensa. Ser um demagogo compensa.

4 comentários :

  1. "Fazer obra com o dinheiro dos outros compensa."

    Evidentemente que compensa! Se você pudesse fazer obras em sua casa com o dinheiro de outrem, fá-las-ia. E certamente a sua família ficaria muito satisfeita.

    O que é impressionante não é que o povo madeirense vote em Jardim. Isso é normal e expetável. O que é impressionante é que o Continente não tenha já declarado a sua independência da Madeira. Só um parvo é que é explorado e não se separa do explorador.

    ResponderEliminar
  2. Se eu pudesse fazer obras em minha casa com o dinheiro de outrém, não as faria. Não gosto de ficar a dever. O Luís Lavoura faria essas obras?

    ResponderEliminar
  3. Todo o País vive com dinheiro dos outros. Não só a Madeira.
    Qual dívida tripla?
    A dívida per capita é semelhante, até inferior...
    Tudo isto é demagogia que agora teve a respectiva resposta do povo madeirense.
    Que quer pagar a sua dívida. Mas não a dos outros...

    ResponderEliminar
  4. Os madeirenses não querem pagar a dívida «dos outros»? Mas os madeirenses não são portugueses? Ou é só quando convém?

    Os madeirenses elegem deputados à AR, que decidem sobre os impostos nacionais, e deputados à ALM, que decidem sobre os impostos da Madeira. Os continentais não decidem sobre os impostos da Madeira, mas vêem passar as transferências de fundos...

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.