segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Eu também quero pressionar o António José Seguro

2 comentários :

  1. Esta do Marques Mendes é deliciosa:

    «A partir de agora a opção é clara – ou Seguro manda no PS ou Seguro obedece ao PS. Ou se afirma em pleno líder do partido ou se coloca na posição de ser um seu mero porta-voz.»

    Os princípios democráticos estão todos invertidos. Como se o papel de um líder não fosse representar os militantes desse partido, mas sim dar-lhes ordens. Note-se que isto não tem nada a ver com a questão do orçamento, é apenas um comentário elucidativo a respeito da mentalidade anti-democrática de alguma direita.

    ResponderEliminar
  2. O PSD quer o PS de mãos e pés atados a votar o Orçamento. Sabem bem que a situação é instável.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.