terça-feira, 4 de outubro de 2011

Protestos...

Já não sei quem é que disse que se os ricos não tratarem dos pobres, os pobres tratam dos ricos. Nós sabemos que nesta sociedade, completamente alienada, em que vivemos as coisas não são assim: na América são os pobres que votam nos cortes de impostos para os ricos e contra a segurança social.

Mas hoje estava a ler os jornais à hora do almoço (o Público, El País, NYT, o Haaretz e o Monde) e a pensar que era divertido se os pobres virassem o barco, como em Portugal, em 1974. Na altura, em Santarém um "anarquista" escreveu esta frase deliciosa numa parede: "os fascistas, o melhor remédio é comê-los, e os melhores são os pequeninos e com asma".

3 comentários :

  1. "na América são os pobres que votam nos cortes de impostos para os ricos e contra a segurança social"

    Eu sei que isso é um lugar-comum, mas há alguma prova real disso?

    É que, pelo que tenho lido, em tudos os estudos que recorrem a "hard data" (em vez de a impressões impressionistas, estilo "os eleitores republicanos têm um sotaque mais carregado") a conclusão usual é de que as pessoas de baixos rendimentos votam em massa nos Democratas e as de altos nos Republicanos (e que a base de apoio do "Tea Party" é ainda mais upscale do que a dos Republicanos mainstream).

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que a divisão principal é entre as cidades e o campo, independentemente de outros factores. TODOS os trailor parks do Texas são violentamente republicanos.

    ResponderEliminar
  3. Mas, por outro, suspeito que os condados rurais do Texas que estão na lista das localidades mais pobres dos EUA tenham votado esmagadoramente no Obama (OK, se controlarmos para "etnicidade", a tendência "pobre/rural, logo republicano" é capaz de reaparecer)

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.