quinta-feira, 1 de setembro de 2011

A CIA sonhou, o PS quis, o PSD e o CDS ratificaram

O «Acordo...» para a entrega aos EUA dos dados pessoais dos cidadãos portugueses foi ontem ratificado pelo Parlamento. Os dados constantes do seu BI, caro leitor, podem agora ser entregues aos EUA por um «ponto de contacto» português que não tem de ser um juiz e nem sequer um polícia (até pode ser um agente do SIS ou do SIED, gente «impoluta», como os mais atentos às notícias já perceberam). E nem é necessário que o leitor tenha cometido uma infracção ao código da estrada: basta que o tal «ponto de contacto» ache que o leitor «irá cometer» uma infracção penal. O ADN de alguém que tenha sido acusado de um crime também vai direitinho para os EUA. Basta pedirem do lado de lá. Se a sua inocência for provada, os dados serão destruídos cá. Mas não lá.

O mundo do 1984 de Orwell torna-se realidade. Com o espantalho de um islamoterrorismo que desde 2005 não ataca na Europa, mas que foi agitado por Portas ontem no Parlamento.

Registe-se que, apesar do parecer contrário da Comissão Nacional de Protecção de Dados, o acordo foi ratificado com os votos favoráveis de PSD, PS e CDS. Contra, o PCP, o BE e o PEV.
Adenda: este blogue passa a incluir a etiqueta «Serviços secretos». Disponham.

4 comentários :

  1. A democracia do pos-guerra, com parlamentos, sindicatos e jornais, acabou.

    ResponderEliminar
  2. Por amor de Deus, já existia antes partilha de informação, sempre existiu, pessoas por exemplo que não conseguiram visto para passar da Irlanda para entrar em New Jersey...e indianos (com passaportes falsificados portugueses, conseguiram) logo essas vossas diatribes...basta ter no passaporte carimbos de países considerados hostis aos EUA para não entrar

    e quem dava a informação de certezinha não eram esses países
    e isto era há 20 e tal anos

    agora a transferência d'informação legal ou ilegal é muito mais fácil

    bocês deprimem-me...cresçam miudage

    ResponderEliminar
  3. Det kan ta en stund før CIA

    havia dantes uns bonequinhos Mortadelo e Salaminho nã me lembro dos nomes em italiano ou inglês

    qu'eram membros da T.I.A

    a maior parte dos funcionários sejam do KGB ou da SIASIA ou da STASI ( tenho cá um a 200 metros de distança) são funcionários corruptíveis (consideram-se mal pagos como todas as polícias e contrariamente a estas são recrutados nas vossas classes de rendimento- logo são mais vorazes

    entendido? Não?
    nã faz mal...
    os belhos falam e escrevem sozinhos

    distrai...e aborrece-me fazer aquilo que eventualmente terei de fazer

    em 77 tinha-se de ouvir muita conversa de café pra fazer um relatório

    agora é só ver os trends nos blogues
    fácil né..
    subjectivo...mas isso é tudo assi

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.