quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Quarenta anos depois

O governo britânico anunciou hoje que pagará indemnizações às famílias das vítimas do massacre do «Domingo Sangrento», ocorrido em 1972 em Derry/Londonderry. Os familiares das vítimas recusam: os soldados que assassinaram treze civis desarmados nunca passaram um dia que fosse na prisão pelos actos daquele dia. E há quem admire a «democracia» reino-unidense e as «liberdades» locais...

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.