quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Pena de morte

Um artigo no El País de hoje diz tudo o que interessa. A pena de morte é um vício bárbaro e medieval, uma coisa da infância da mente. Mas quando ainda por cima a justiça não é cega... lembram-se de Jimmy Carter perguntar a uma jornalista se conseguia imaginar um milionário a ser condenado à morte?

Um rico condenado à morte?! Eu acho que Carter queria dizer um rico condenado. Strauss-Kahn violou uma empregada e nem sequer levou uma palmada na mão. E disse à televisão francesa que o sexo tinha sido "consensual".