segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Medina Carreira em registo tasca vínica

A palete de odores oscila entre o vinagre e o carrascão, num canto um velhinho mutilado trauteia uma moda num acordeão, sobre um banco corrido duas meretrizes asseguram a um cavalheiro que também são virgens, por baixo de uma das mesas um cão com duas feridas no dorso suspira. O cavalheiro de olhar esguio, levanta-se desconcertadamente tornando visíveis várias manchas tintas imprimidas na camisa e duas gotas grossas que lhe escorrem entre a cara e o pescoço, soltando em seguida esta frase em alta voz:

As universidades aturam uma data de vadios e preparam a meia dúzia de gente que sempre foi boa”.


Nah, estou a reinar. Isto foi proferido por Medina Carreira, ao que parece em estado sóbrio, em ambiente muito respeitável do Casino da Figueira na passada terça-feira.

3 comentários :

  1. Tem razão a maior parte das universidades são óptimos lugares para a procriação pedagógica de professores

    40 mil para 200 mil alunos?
    dá um para cada 5
    claro que um terço nem aulas dá

    outros são relações púbicas

    felizmente há os que dão 6 a 8 horas de aulas

    e há cada aula...devia ir ver umas amanhã às 9 horas

    vai ser cá um festival de PowerPoint

    é que falar cansa e de resto quem é que ouve

    até há gente a ler o jornal a Bola

    (já agora quem é que perdeu?

    ResponderEliminar
  2. É verdade... nas universidades privadas!

    Nas Universidades Públicas, é mais é “As universidades aturam meia dúzia de vadios e preparam uma data de gente que sempre foi boa”.

    É a grande diferença entre ensino público e privado em Portugal (e näo só)! Só que depois os meninos de papá que näo conseguiram entrar nas Públicas säo empregados pelos amigos dos papás no fim de pagarem para acabar o curso.

    Por isso näo é de admirar que os gestores portugueses sejam avaliados como "os piores da Europa"...

    ResponderEliminar
  3. Em Coimbra, há cada vez mais salas de aula vazias. E não é por falta de alunos inscritos.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.