quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Israel: de vitória em vitória até...

Israel continua a abusar dos EUA e a colocar os americanos numa posição cada vez mais difícil, a terem de defender o apatheid e a violência quotidiana, como se esta situação fosse sustentável.

Devagar, ao mesmo tempo que a oligarquia que manda no mundo se regala com a situação política e económica, a internet está a permitir o acesso à informação a vários grupos de cidadãos que acreditam que as coisas podem mudar para melhor. Os media que os oligarcas controlam são cada vez mais irrelevantes e os ditadores que apoiavam Israel no Médio Oriente estão a cair um a um.

Cada vez mais Israel e os EUA vão ter de explicar as suas razões perante as populações da região, em vez negociarem com as casas reais e os ditadores que as controlavam. Um dia acontece-lhes como na África do Sul.

2 comentários :

  1. "Um dia acontece-lhes como na Africa do Sul."

    Eu não percebo em que sentido o Filipe Castro escreve isto, mas eu interpreto esta frase num sentido positivo.

    Um dia os judeus israelitas perceberão, tal como os sul-africanos brancos perceberam, que o regime que mantêm é irracional e auto-derrotista. Ou seja, que paga mais mudar de regime, uma vez que, no mundo moderno, manter um país discriminatório, com uma população a duas velocidades, é muito caro.

    Ou seja, não lhes "acontece" como na África do Sul, antes decidem fazer o mesmo que os sul-africanos brancos decidiram.

    ResponderEliminar
  2. discordo do luís. com os moderados inteligentes a fugirem para a europa, e os ortodoxos com média de 10 filhos por casal, o que acontece é que daqui a 30 anos não haverá diferença entre judeus e árabes e israel será tão irrelevante para nós como é a somália

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.