terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

A CNPD diz não a Amado

Obviamente, a Comissão Nacional de Protecção de Dados deu parecer negativo ao «Acordo para entregar a identidade dos portugueses aos EUA».
  • «Abusivo, excessivo, demasiado genérico, difícil controlo de pesquisas indevidas, sem garantia da protecção dos dados transmitidos para os EUA e falta de salvaguarda da pena de morte na partilha de informação. Estas são algumas das conclusões a que a Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) chegou na sua análise ao acordo que o Governo português assinou com os Estados Unidos. Este tratado prevê a troca automatizada de dados pessoais, impressões digitais e perfis de ADN.» (Diário de Notícias)
Sendo o parecer não vinculativo, resta agora saber se o subserviente Amado, que anda há vários meses  a pôr-se em bicos de pés para qualquer coisa que vem a seguir, vai ter a distinta lata de pôr o «Acordo...» em votação no Parlamento. Ou se recua.

1 comentário :

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.