terça-feira, 29 de março de 2011

Resultados eleitorais expectáveis de uma coligação BE+CDU

Feitas algumas contas com o simulador, os resultados previsíveis para uma coligação BE-CDU seriam animadores: este grupo passaria de 31 para 39 deputados (usando os resultados de 2009 como base, e correndo o simulador para cada distrito). O maior prejudicado seria, como é evidente, o partido mais votado. Em 2009, o PS teria tido menos cinco deputados, e o PSD menos três. Em 2011, o maior prejudicado poderá ser o PSD, se for esse o partido mais votado. Por outro lado, o CDS ficaria muito longe de ser a terceira força.

Nota final: os distritos em que esta coligação teria mais um deputado seriam Aveiro, Beja, Coimbra, Faro, Porto, Viseu, Setúbal e Viana do Castelo. Não investiguei o resultado adicionando os votos de outros partidos de esquerda (como o PCTP-MRPP), mas há outros distritos em que até uma centena de votos extra poderia mudar o cenário (caso de Portalegre).

2 comentários :

  1. O maior prejudicado seria o povo português, dado que tanto o BE como o PCP são partidos sectários que não estão interessados em fazer uma coligação governativa. Pelo que, o país ficaria ainda mais ingovernável do que já hoje é.

    ResponderEliminar
  2. Não há problema, no dia em que se aliarem, ficam em conjunto do tamanho de um deles.

    Desgraçadamente (para a esquerda e para o país) os dirigentes do BE não percebem nada dos seus eleitores, como se viu na falta de apoio ao Sá Frnandes na CML e ao apoio ao Alegre nas presidenciais.

    Pelo andar da carruagem vão ter o mesmo destino do PRD...

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.