quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Só mesmo o Silva Pereira

Só mesmo o beato Silva Pereira para vir dizer que haver pessoas que não votaram  (ou desistiram de votar) devido à incompetência dos serviços do MAI não é um problema político. Como se o dificultar o direito ao voto não fosse um problema político...

10 comentários :

  1. Pois então se ambos tiveram a ideia para o post, gostaria que me explicassem o que é que a suposta "beatice" do Silva Pereira tem a ver com esta questão.

    Só mesmo o ateu Ricardo Alves para dizer isto!

    ResponderEliminar
  2. Não é preciso Cartão de Eleitor para votar. Um familiar meu perdeu o CE há anos e tem sempre votado com BI, um documento que, esse sim, é indispensável.

    Como não sabe o seu nº de eleitor, de cada vez que vai votar pergunta à entrada da escola onde vota qual é a sua mesa de voto. Aconteceu o mesmo estas eleições. Enviou o tal SMS para pedir o nº mas ele só chegou muito depois de já ter votado.

    Outro familiar meu que mudou de residência não sabia o nº de eleitor porque simplesmente nunca lho deram - resolveu o problema da mesma maneira.

    Isto só é um problema político porque a oposição insiste e porque o Governo deixou a trapalhada transformar-se na demissão de alguns directores-gerais.

    Eu não simatizo com o Silva Pereira. Por isso gostei de vê-lo levar outra tampa por causa da videovigilância no Bairro Alto. É bem feita. Isto não é o RU.

    ResponderEliminar
  3. Francisco,
    a verdade é que devido ao elevado número de pessoas que passaram para o cartão de cidadão desde as últimas eleições, os pedidos de esclarecimento foram tantos que o sistema entupiu. E algumas pessoas acabaram por não votar ou desistiram de votar. Isso é grave. Bastaria ter enviado uma cartinha às pessoas para evitar o problema...

    ResponderEliminar
  4. Filipe,
    Silva Pereira, que é de facto o nº2 do governo, tem defendido sistematicamente os interesses da ICAR em todas as questões que interessam, das capelanias militares aos ATL´s, e já nem falo dos discursos beatos que fez na vinda do papa ou quando da inauguração daquele monumento em Almada. Se achas isso irrelevante, paciência.

    ResponderEliminar
  5. Ricardo, eu não disse que isso que referes agora é irrelevante. (Tu não referias nada disso no texto - como poderia eu referir-me a esses factos?)

    O que eu te perguntei, e tu não me respondeste, era qual é a relevância do "beatismo" do Silva Pereira (e agora acrescento - desses factos) para o assunto em questão: pessoas não terem podido votar.

    ResponderEliminar
  6. é um problema técnico

    um problema da Comissão Nacional de eleições que serve para pouco ou de muito para os que lá estão

    só depois disso é um problema do MAI

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.