domingo, 9 de janeiro de 2011

Dilma Rousseff, uma laicista

Na sua primeira semana no Palácio do Planalto, Dilma Rousseff mandou retirar do gabinete presidencial o crucifixo e a Bíblia. Parece um sinal claro de que a Presidente de um dos maiores países do mundo não tomará a religião em consideração nas suas decisões. O papel do governo numa democracia laica deve limitar-se a assegurar a liberdade de seguir uma religião ou nenhuma, de professar uma religião ou de a criticar. A religião não deve entrar no governo da nação.

Parabéns aos brasileiros que elegeram esta mulher. (Notícia via Bule Voador.)

[Diário Ateísta/Esquerda Republicana]

3 comentários :

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

E Parabéns aos portugueses que despediram esta:
Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010Desemprego
O meu Ano está a acabar em força, em tudo !
vou ser mais uma que irá fazer parte da estatística de desemprego no próximo ano.
E não sou única, mais uma "pequena-média" empresa que não resiste ao poder que o fisco tem, para deitar abaixo as empresas que eles não consideram rentáveis, mas que dão de comer neste caso a mais 50 pessoas
Linda prenda de Natal que estou a ter, sem subsídio e sem previsão para salários de fim de mês.
Não é ainda facto consumado, mas a caminhar a passos largos para se consumar no final deste mês.
Aceito a proposta que me foi feita de trabalhar sem remuneração
Questão de sobrevivência já é ... por quanto tempo...não sei!
Sem discernimento para conseguir tomar uma decisão neste momento, só consigo pensar em duas hipóteses:
1ª Aceito o despedimento sem compensação por ser efectiva, pelos anos que trabalhei e vou para o desemprego.
2ª Não aceito e fico a trabalhar sem salário até se tentar resolver esta crise (se fôr resolvida).
Na primeira hipótese espero dois ou três meses pelo pagamento do subsídio e tenho alguma coisa não sei se dois se três anos.
Na segunda aguento os mesmos dois ou três meses sem receber nada e posso ou não continuar com o meu local de trabalho assegurado.
Estes meses próximos já sei que não irão ser fáceis, seja qual fôr a decisão tomada.
O subsídio termina ao fim do tempo legal e aí fico sem nada, que como o País está e com a minha idade não vou arranjar emprego de certeza.
Na segunda hipótese fico na mesma sem nada num futuro próximo, mas caso as coisas se recomponham (só milagre), mantenho o meu posto de trabalho.
Que faço ? Não consigo pensar ... não consigo nada ... parece mentira mas nem chorar consigo !
Publicada por Luar em 06:17

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

e até 27 vão mais 300
e também uns 10 homens

estranhamente as mulheres vão mais pó desemprego quando as coisas apertam nas empresas

coincidências do ca..vacu

Luís Lavoura disse...

Não passaria pela cabeça, num país europeu, a residência oficial de um governante ter lá uma bíblia ou um crucifixo, a não ser que o próprio governante os tivesse trazido de sua casa e mandado lá pôr, durante o exato período do seu mandato.

Portanto, ao fim e ao cabo, Dilma apenas está a colocar o Brasil de acordo com os básicos cânones de laicidade de qualquer país europeu. Não está a fazer nada de especial.