terça-feira, 3 de abril de 2012

Alguém que põe o dedo na ferida

O deputado socialista Pedro Nuno Santos demitiu-se da vice-presidência da bancada parlamentar. Considera, com muita razão, que o PS tem que optar entre continuar amarrado ao memorando da tróica ou libertar-se. E criticou o défice democrático na UE.

Mais sobre este deputado aqui e aqui.

4 comentários :

Miserere Dominus Meo (Box) disse...

esta é a imoral

meninas meninos

sagente se demitir

eles põem-se finos


esqueceu-se de criticar o déficit democrático e inconómico no sócratistão...
é um home com pouca memória...
mas com muyta conta aberta
apesar de nunca as pagar (aparentemente)
deve ser como o chefe Michel
ou o marido da Pinto Correia...
(aquele que dizem que toca a canção do bandido)

felizmente temos a Floribela pra fazer comentário político

curioso é que comentarista político seja ou jornalista pago pela classe política ou político profissional

apolítico que comente...ou maralha nã filiada...deve ser muy raro
ê cá nunca vi nenhum....

Maquiavel disse...

Em França o Melenchon juntou a Esquerda do PSF e criou o Parti de Gauche.
Na Grécia os do PASOK anti-Troyka juntaram-se e criaram já 2 partidos

Era mais que altura da Esquerda do PS (se ainda houver) fazer o mesmo, visto que já näo é possível internamente fazer o PS sair da Direita, como se passou no Labour com Ed Miliband (que deixou de ser "New").

Miserere Dominus Meo (Box) disse...

pedro nuno santos junte-se a soares já...

não pagamos não pagamos


bons tempos

se nós não pagarmos eles ficam finos

basta ver o exemplo húngaro e o haiti...e a seguir são as honduras né...até chegar ao putocale leva tempo

Na Grécia os do PASOK anti-Troyka juntaram-se e criaram já 2 partidos e quando passarem a dracmas dividem-se em 4 cada um?

isso é a receita da 1ª república

no dia 30 de Março de 1926 foi creada a nova organização partidária...com o fim de apagar a mancha da dependência estrangeira
fora com os alemães das colónias
as colónias são nossas...

João Vasco disse...

Mais sobre o assunto:

http://expresso.sapo.pt/pedro-nuno-assume-divergencias-politicas-com-seguro=f716930