domingo, 1 de abril de 2012

Temível avanço do ateísmo de Estado em Cuba

O ditador comunista cubano, Raul Castro, decretou que a próxima «sexta-feira santa» será feriado nacional. Em comunicado, a decisão foi justificada com a «vontade do Papa» e a necessidade de prestar «homenagem a Sua Santidade». A assembleia de partido único do Estado comunista decidirá em breve se esta data católica se tornará feriado anual.

Há quem ache que Cuba é um país «oficialmente ateu».

10 comentários :

  1. Tal como é um disparate um país oficialmente católico ou muçulmano ou judeu, também acho um disparate um país oficialmente ateu. Por outro lado, não acho disparate nenhum um país oficialmente comunista: era isto que Cuba deveria ser.

    O reconhecimento da sexta feira de Páscoa como feriado deve-se a uma grande percentagem da população cubana celebrar esta festa. Tal como em Portugal.

    ResponderEliminar
  2. Não Filipe, a sexta-feira que é santa para os católicos passar a ser feriado em Cuba deve-se à prosaica razão de a ditadura cubana precisar de apoio da ICAR.

    E um país ser oficialmente comunista é um disparate tão grande como ser oficialmente católico, judeu, islâmico ou ateu.

    ResponderEliminar
  3. "a sexta-feira que é santa para os católicos passar a ser feriado em Cuba deve-se à prosaica razão de a ditadura cubana precisar de apoio da ICAR."

    Neste ponto não deixas de ter razão. Mas parece que o que te incomoda mesmo é Cuba afinal não ser assim tão ateia...

    E continuo a achar que um país oficialmente comunista não só não é disparate nenhum como é a única hipótese de implantar o comunismo (uma ideologia totalitária, o que não deve ser confundido com ditadura). Um país oficialmente comunista faz mais sentido que Israel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não Filipe, nada disto me incomoda. Até me diverte, quanto mais não seja por confirmar o que escrevi há poucos dias: que temos ali dois totalitarismos que se aliam...

      Quanto a países oficialmente comunistas, dispenso.

      Eliminar
  4. Portanto és contra a constituição portuguesa de 1976, que defendia o socialismo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um preâmbulo histórico. Nada mais. Prefiro-o a muitos outros (ao irlandês, por exemplo). Mas não faz de Portugal um país «oficialmente socialista».

      Eliminar
    2. Essa resposta foi para mim ou para o Filipe? É que o preâmbulo ainda lá está, e apresentei-o como curiosidade. Pensava que a constituição original ia mais longe (em termos materiais e até programáticos segundo alguns criticam) na defesa da economia socialista.

      Eliminar
    3. (A resposta era para os dois.)

      A Constituição de 1976 ia muito mais longe. Garantia um sector empresarial do Estado bastante grande. As nacionalizações eram limite material de revisão (irreversíveis, portanto). Creio que a colectivização da agricultura também.

      Eliminar
  5. Curiosamente o preâmbulo da actual ainda o defende:

    «A Assembleia Constituinte afirma a decisão do povo português de defender a independência nacional, de garantir os direitos fundamentais dos cidadãos, de estabelecer os princípios basilares da democracia, de assegurar o primado do Estado de Direito democrático e de abrir caminho para uma sociedade socialista, no respeito da vontade do povo português, tendo em vista a construção de um país mais livre, mais justo e mais fraterno.»

    ResponderEliminar
  6. Thứ hai, ngày 02 tháng tư năm 2012
    UM BLOGUE PARA TROCAS DE TINTAS TROCAS DE TROCAS TROCA DE TROIKAS POR TRÍADES E DE TRIUNVIRATOS POR MÉNAGES A TROIS TROCA-SE DE TUDO EXCEPTO A ALMA
    É QUE EM TEMPOS DE CRISE NEM O DEMO COMPRA ALMAS

    NEM NINGUÉM DE JUÍZO VENDE ALMAS QUE NÃO TEM...

    ATÉ PORQUE O IVA SOBRE BENS IMATERIAIS INDA EXISTE...

    ENFIM FILOSOFICAMENTE PRETENDE-SE QUE QUEM QUEIRA TROCAR SEJA O QUE FOR

    UTILIZE ESTES ESPAÇOS SEM SERVENTIA NEM EXISTÊNCIA

    PARA TROCAR DE ROUPAS DE PERSONALIDADE DE IDEOLOGIA

    DE RELIGIÃO SE A TIVER DA FALTA DELA SE NÃO TIVER ARRANJADO NENHUMA

    TROCAM-SE VIRGENS IMPULUTAS E OUTRAS SEM LU NAS LUTAS

    POR BOMBISTAS SUICIDAS OU SIMPLESMENTE MANÍACO-DEPRESSIVOS

    TROCAM-SE JÃO BASKOS POR ATIRADORES DE GRANADAS

    OU DE VASILHAME DE TARA PERDIDA

    FINALMENTE TROCAM-SE POLÍCIAS DE CHOQUE POR PESSOAL CADASTRADO

    E POR ÚLTIMO TROCA-SE UM ARMÉNIO POR UM CARALHO DA SILVA QUALQUER

    PODE TER UM VÊ A MAIS OU SER INVUSUAL

    CAGENTE NÃ SE CHATEIA
    Được đăng bởi TROKEM O jão basko por uma sónia tendo em vista a construção de um país mais livre, mais justo e mais fraterno.») ..é um sargento ciclope;(

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.