terça-feira, 24 de abril de 2012

Soares e Alegre têm razão

Este governo não é um governo como os de Durão Barroso, Santana Lopes ou até Cavaco Silva. O que está em causa na violência dos cortes sociais, na total subserviência ao estrangeiro ou ainda na mudança da atitude da polícia, para já nem falar do simbolismo de o 5 de Outubro deixar de ser feriado, é muito mais do que aquilo que aconteceu durante qualquer desses governos da direita, com a excepção limitada de alguns episódios do cavaquismo (principalmente no seu estertor).

Têm portanto toda a razão Mário Soares e Manuel Alegre em manifestarem o seu protesto ausentando-se das comemorações oficiais do 25 de Abril. E entende-se porque Passos Coelho assobia para o lado...

3 comentários :

  1. claro que não ó alves dos reis este governo é como aquele que em Outubro de 1979 levantou o salário mínimo 34%
    um governo fascista que desvalorizou o escudo
    e tornou a comidinha mais cara quase 60%

    Foi a Lurdes Pintassilgo a culpada diste tudo

    o Soares tem razão...aparentemente o pessoal que andava aos caídos desde 2008 não merecia

    que lhe dissessem que andavam a vender as jóias da coroa

    aparentemente quando venderam a Galp a preço de Saldo (até uns ciganos ganharam uns trocos só o dobro , pensaram que rebentavam antes de chegar ao triplo como nos tempos do Pedro Caldeira)

    nesses tempos nã se estava a demolir o estado associal a crédito né...
    vendendo as jóias da coroa (aparentemente somos uma monarquia segundo Soares) para pagar 500.000 computadores 386 486 e Pentium 1 e 2 para escolas e universidades que os deitaram no lixo uns anos depois

    na Carris só em informática em 1993 foram vendidos por uma importadora 50 mil contos em soft e hard...a 10% de comissão era bom
    infelizmente eramos mais que os delegados de propaganda médica

    vendemos ao I.S.T 2 centrifugadoras a 35 mil contos cada e rotores de substituição a 7 mil cada cabeça
    bons tempos han...tinhamos de untar umas mãos
    mas foi um bom estado ass sucia all oh cial

    e 30 mil pares de luvas cirúrgicas radioesterilizadas por Cobalto 60 no LNETTI da EN nº10 e 16 mil lâminas de bisturi
    pra quem foram nã sei os cheques vinham do ministério da inconomia

    nessa altura ainda nã se chamava da economia e da inovação...

    mas que inovava inovava

    ó jão bascu deixaram-te cair quando eras puto?

    ResponderEliminar
  2. adeviam era ter-se ausentado delas quando os bairros sociais começaram a ficar cheios

    e as barracas nasceram nos muros das fábricas vazias

    aqui nos desertos da margem sul

    só escaparam as do amorim que ficaram condomínios de luxe....

    mas isso já foi há 20 e tal anos

    e esse pessoal só sai pra caçar

    ou dizer merdas...

    ResponderEliminar
  3. se bem me lembro a maioria das fábricas faliu durante o IX governo con's titucional

    de 83 a 85 foram 3000 pró desemprego só aqui e arredores

    quem era o cabrão que veio cá meter uma placa no hospital e no acrescento dos equipamentos assuciais

    com que o pessoal do Mata que é de Cáceres ganhou uns milhões bem vastos

    me lembro não...o escudo andava a meio cêntimo de dólar e ê andava a reciclar papier em espanha

    nã reparei se um desses dois
    de quem ainda gosto menos do que da Cavaca

    se lembraram de dezêre alguma alarvidade...
    a má MÓRIA é longa a arte é curtis

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.