segunda-feira, 2 de abril de 2012

Desemprego nos PIIGS

Irlanda, 14,7% de desemprego em fevereiro. Grécia, 21% mas os dados ainda são de dezembro. Espanha, 23,6%. Itália, 9,3%. Portugal, 15%.
Desemprego jovem está em níveis pornográficos. 31,6% na Irlanda, 50,4% na Grécia. 50,5% na Espanha. 31,9% na Itália. 35,4% em Portugal.
Quanto mais terá de crescer este desastre social, para a tacanhez política portuguesa deixar de acusar Sócrates (tal como a espanhola acusa Zapatero, a italiana Berlusconi, etc.), para os portugueses deixarem de dizer que não são gregos e os espanhóis dizerem que não são portugueses? Depois de três anos de políticas no mesmo sentido, o que será ainda necessário para a UE arrepiar caminho?

2 comentários :

  1. Julguei que "Somos Todos Gregos" assim faz todo o sentido chegarmos ao nivel de desenvolvimento Gregos nos seus vários indicadores.

    ResponderEliminar
  2. É necessário que todos entendam que Sócrates foi um personagem secundário, um simples joguete de forças maiores. E que não serve de nada discuti-lo. Temos que seguir em frente e fazer face aos problemas que temos *agora*.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.