quinta-feira, 24 de junho de 2010

Não aprender

Em 2006, Pedro Silva Pereira foi tratado de «hipócrita» por Gilberto Madaíl. Silva Pereira andara a tirar fotografias com os jogadores e as camisolas, e a «associar-se» matreiramente à equipa da FPF, número esse que é, infelizmente, muito popular entre os políticos. Quando Madaíl apresentou a conta (queria isenção de IRS para os prémios de jogo), o Governo fez negas. E Madaíl insultou.

Quatro anos passados, Silva Pereira não aprendeu nada e vai pelo mesmo caminho. Daqui por pouco mais de duas semanas, se, para nossa desgraça, a equipa da FPF ficar nos primeiros lugares do torneio de pé na bola, ela vai chegar. A dolorosa. Seja em isenções de IRS, seja em estádios, a brincadeira pode ficar-nos cara. E o Governo ainda não aprendeu a distanciar-se da camarilha da FPF.

1 comentário :

  1. Depois de toda a conversa sobre défices, dívidas e crise económica o Governo admitisse isenção de IRS para a malta do futebol, isso seria um erro político tremendo.

    Jurar não juro, mas não me parece que vá acontecer agora.

    Desde que não se cometa nenhuma injustiça, eles que se aturem e insultem e mintam uns aos outros...

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.