quinta-feira, 24 de junho de 2010

Durma, dr. Soares!


Foi durante o Prós e Contras desta semana (na segunda parte) que Mário Soares contou a história que aqui reproduzo.
Nos anos 80, era ele primeiro-ministro, por duas vezes o ministro das finanças, Silva Lopes, telefonou para sua casa desesperado, às duas da manhã, a dizer que no dia seguinte o país iria entrar em bancarrota e já não haveria dinheiro para pagar os salários. Das duas vezes Mário Soares respondeu que, se isso fosse mesmo verdade como Silva Lopes temia (e em nenhuma das duas vezes tal se confirmou), no dia seguinte ele, Mário Soares, teria de estar bem desperto para decidir o que fazer. "Por isso, ó Silva Lopes, deixe-me dormir!"
Se, aos 86 anos, o velho cometesse a loucura de se recandidatar a Presidente, eu ainda votaria nele. Mário Soares é o último grande português vivo.

4 comentários :

  1. Foi pena ter aberto uma gaveta para lá enfiar o socialismo, é que os outros que vieram enfiarem tanta merda nessa gaveta que o socialismo nunca mais saiu.

    ResponderEliminar
  2. fui esperá-lo a santa Apolónia em 74, só posso alegar que era novo e parvo
    ainda há outros 10 milhões de grandes portugueses vivos
    a votar, infelizmente não devias ser o único,além de uns 500 mil crentes no nosso último
    presidente-rei
    "ó guarda, saia daí" caravana presidencial anos 80
    "saia, saia" visita ao seu amigo ÁRio Lobo de Azevedo na pseudo-universidade de Évora
    um corta-fitas que pouco se distinguiu dos que criticou
    ainda não percebi se viveste o tempo dos juros a 30% e se percebeste que um primeiro ministro que nada percebe de economia e apenas teve a sorte, que o actual não tem,
    não é um exemplo para ninguém
    mas ensinar o padre-nosso ao papa é perder o meu latim

    ResponderEliminar
  3. fui esperá-lo a santa Apolónia em 1974, talvez assim fique mais claro
    só posso alegar que era novo e parvo
    ainda há outros 10 milhões de grandes portugueses vivos
    a votar, infelizmente não devias ser o único,além de uns 500 mil crentes no nosso último
    presidente-rei
    "ó guarda, saia daí" caravana presidencial anos 80
    "saia, saia" visita ao seu amigo ÁRio Lobo de Azevedo na pseudo-universidade de Évora
    um corta-fitas que pouco se distinguiu dos que criticou
    ainda não percebi se viveste o tempo dos juros a 30% e se percebeste que um primeiro ministro que nada percebe de economia e apenas teve a sorte, que o actual não tem,
    não é um exemplo para ninguém
    mas ensinar o padre-nosso ao papa é perder o meu latim
    não sei que idade tens, mas se tens a minha e achas isso
    então estás xéxé

    ResponderEliminar
  4. FAZ PARTE DO GANG DA ARGÉLIA... É UM DOS GRANDES RESPONSÁVEIS PELA SITUAÇÃO EM QUE NOS ENCONTRAMOS. ELE É QUE NOS ARRASTOU PARA ESTA ENGANAÇÃO DA C.E.E.. PARA ALÉM DISSO, PRECISAMENTE, FECHOU OS OLHOS, QUANDO DA MORTE DO GENERAL SEM-MEDO... É UM TRAIDOR... O P.S., E O P.P.D., DOMINAM PORTUGAL, HÁ MAIS DE TRINTA ANOS... SE EU PUDESSE, ORGANIZAVA UMA FESTA NO CAMPO-PEQUENO, CONVIDAVA-OS A TODOS E PEDIA AO OTELO PARA TRATAR DO ASSUNTO...

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.