domingo, 13 de junho de 2010

Socialistas laicistas

Claro que não é em Portugal: o PSOE está a preparar uma Lei da Liberdade Religiosa (que deverá contar com o apoio da ERC) que garantirá a neutralidade do Estado em matéria religiosa, suprimindo símbolos religiosos em edifícios públicos, estipulando que as cerimónias oficiais não integrem actos religiosos (os funerais só serão religiosos a pedido das famílias), determinando que os militares só estarão presentes em cerimónias religiosas voluntariamente, e estipulando que as confissões religiosas serão consideradas «radicadas» em função da duração temporal da sua implantação e do número de locais de culto, sem necessidade da intervenção (que acontecia até agora) da Comissão de Liberdade Religiosa espanhola. A lei é um progresso para as confissões religiosas minoritárias, que gozarão de vantagens fiscais que não tinham anteriormente, mas, tanto quanto se entende, não se aplica à ICAR, que goza de um estatuto próprio.

4 comentários :

  1. estas monarquias de hoje já não são o que eram...

    ResponderEliminar
  2. A Espanha não será uma monarquia por muito mais tempo...

    ResponderEliminar
  3. de fato, só a "república" poderá trazer a espanha ao convívio das nações civilizadas, democráticas e modernas.

    mas tens notícia de processo libertador em preparação?

    ResponderEliminar
  4. É notório que os espanhóis não têm grande apego à monarquia. Desaparecida a actual pessoa real, que ocupa o cargo, parece claro o que acontecerá.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.