quinta-feira, 10 de junho de 2010

O 10 de Junho dos fascistas

Há 15 anos, um grupo de fascistas espancou pessoas no Bairro Alto e assassinou um português, pela razão única de ele não ser branco, nas proximidades do Largo Camões. Hoje, o PNR desfila entre o Largo do Rato e o Largo Camões, presumivelmente integrando no cortejo alguns dos protagonistas das violências dessa noite.

2 comentários :

Maldonado disse...

A extrema-direita faz tanta falta a este país como a monarquia...
Continuamos cegos, como sempre...

Anónimo disse...

A Monarquia só faz sentido nos Países mais desenvolvidos do Mundo.

Nos Países em que se fecham urgências, escolas e onde mulheres dão à luz em ambulâncias, FAZ MAIS SENTIDO UMA REPÚBLICA. É o caso de Portugal.