segunda-feira, 26 de julho de 2010

O caminho da retirada

A publicação, pela Wikileaks, de seis anos de relatórios sobre a guerra no Afeganistão, não traz, que eu veja, grandes novidades. Mas tem as suas curiosidades: só cobrir um ano do mandato de Obama no poder, insistir na ligação do famigerado ISI paquistanês aos talibã, e aumentar o número de vítimas civis.

Em conjunto com o estudo publicado a semana passada pelo Washington Post sobre o custo da «guerra de informaçõezinhas», esta divulgação prepara as condições para a retirada das tropas da OTAN no Afeganistão. E para o desinvestimento na «guerra contra o Terror». Nove anos depois.

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.