segunda-feira, 26 de julho de 2010

Israel, clericalismo, xenofobia, e uma violação que não o foi