quarta-feira, 9 de maio de 2012

Primavera Global

Lá estarei, dia 12.
Posso não concordar a 100% com o manifesto internacional (ao qual já mais de 250 cidades em todo o mundo vão responder com iniciativas), mas concordo com aquilo que me parece essencial: as pessoas têm de se mobilizar, de participar politicamente, de se consciencializarem para serem donas dos seus destinos. Os males que atribuímos à classe política são resultado directo e inevitável da falta de participação dos cidadãos.
Se desde dia 12 até dia 15 ocorrerem debates, actividades culturais, uma reflexão conjunta de vários movimentos sociais com naturezas e objectivos muito distintos, que possa abranger pessoas distantes do activismo e envolvê-las na necessidade de participar politicamente, esta iniciativa será um sucesso.
Espero que seja uma iniciativa pacífica, e uma mera semente, que possa germinar numa participação política de mais e mais pessoas, cada vez mais consistente e consequente.


Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.