terça-feira, 29 de maio de 2012

Javier Krahe: «Como cozinhar o Cristo»

O artista Javier Krahe foi ontem a tribunal, em Espanha, por ter feito o pequeno filme que se vê mais abaixo.
 
 É acusado de «ofensa aos sentimentos religiosos» (ou seja, de blasfémia). Se for condenado, admite exilar-se em França.
[Diário Ateísta/Esquerda Republicana]

7 comentários :

  1. Acho muito bem que seja condenado, pois deveria ter usado azeite, e näo manteiga. É uma afronta!

    ResponderEliminar
  2. Eu sempre disse que só como hóstias se vierem com ovos moles. Antes comer lérias do que que ouvi-las.

    Agora, Cristo à Pôncio Pilatos nunca tinha visto...

    ResponderEliminar
  3. No Facebook dizia que ele tinha sido condenado a pagar 192.000 Euros. Isto não pode ser verdade. Tem de ser um truque publicitário.

    ResponderEliminar
  4. Em todo o caso, eu meti o meu no forno, com bacon nas feridas como diziam na receita, umas cebolinhas, duas folhinhas de louro, muito alho, e ele fugiu-me! Ao terceiro dia abri o forno e ele não estava lá! Mistério.

    ResponderEliminar
  5. E já agora: comer Jesus parece-me uma ideia completamante nova. Eu tenho uma amiga que uma vez comeu um padre. Comer Jesus parece-me mais ousado e mais divertido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é uma ideia velha Ionescu 19...e tantos

      Caldé...1854...se comer uma hóstia não participo em canibalismo ritualistico como o mais ínfimo dos selvagens

      e há uns de 1500 e tal e hostiam christus victima de tutti noi....

      comer jasus é pouco higiénico

      padre tá a comer um menino e ódespois nã alimpa as mãos

      boçês sã mesmo nhurros

      ou isse ou comem toda a merda

      acho qué a 2ª

      Eliminar
  6. Acho que é a resposta de um selvagem ameríndio aos conquistadores

    voçêis acham-nos bárbaros mas comem o vosso deus e bebem-lhe o sangue

    também há um relato quinhentista de algo similar com um jap pós Fernão Mentes? minto....

    e um caçador de cabeças no Sarawak holandês e católico e nã no prot e extante...

    nã nã é novus nã

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.