sexta-feira, 11 de maio de 2012

Passos Coelho e o desemprego: ignorância ou mentira deliberada?

Através do Jornal de Negócios fico a conhecer estas declarações de Pedro Passos Coelho:

«O primeiro-ministro sustentou que em Portugal “a cultura média é a da adversão ao risco” e que “a generalidade dos nossos jovens licenciados, que têm hoje um nível de qualificações muitíssimo mais elevado do que alguma vez aconteceu na história portuguesa, preferem ser trabalhadores por conta de outrem do que serem empreendedores”. Algo que na visão de Passos Coelho “tem de ser alterado”.»

Não sei se é por ignorância que Passos Coelho repete este disparate comum, mas já neste blogue mostrei como os factos desmentem (e de que maneira!) as afirmações de Passos Coelho a respeito da vontade dos portugueses trabalharem por conta de outrem.
A seguinte tabela mostra os dados da OCDE relativos à taxa de trabalhadores por conta própria:


Auto-
emprego
Australia 12,6
Austria 11,8
Belgium 13,6
Canada 9,2
Czech Republic 15,3
Denmark 7,8
Finland 12
France 8,9
Germany 11,2
Greece 30,1
Hungary 13,3
Iceland 14,1
Ireland 16,6
Italy 24,9
Japan 10,2
Korea 27
Luxembourg 6,5
Mexico 28,5
Netherlands 11,1
New Zealand 17,8
Norway 7,1
Poland 20,4
Portugal 23,5
Slovak Republic 12,6
Spain 16,5
Sweden 9,6
Switzerland 9,3
Turkey 29,1
United Kingdom 12,7
United States 7,3

Repito os comentários da altura:

«E não é que Portugal é o quarto país da OCDE com mais «empreendedores», apenas ultrapassado pelo México, pela Turquia e pela Grécia? Sim, leram bem: a Grécia é o único país da UE com mais empreendedores que nós.
E os Estados Unidos da América, símbolo de uma nação rica que dá lições à Europa no que diz respeito à promoção do empreendedorismo, são o terceiro país da OCDE com menos empreendedores. Têm uma taxa de trabalhadores por conta própria cerca de três vezes menor que a portuguesa.»

Portanto, em Portugal - onde trabalham por conta própria o triplo das pessoas que nos EUA, e é dos países da OCDE onde existe mais trabalho por conta própria - Pedro Passos Coelho queixa-se de que os portugueses só querem é trabalhar por conta de outrem. Será ele tão incompetente que ignora os factos básicos, e delineia as políticas que o seu Governo vai seguir sem o mínimo conhecimento da realidade? Ou não tem qualquer pudor em mentir deliberadamente?

O meu receio é que ambas as hipóteses sejam verdadeiras...

26 comentários :

António Parente disse...

João Vasco

Há uma terceira hipótese: existir confusão entre "empreendedor" e "trabalhador por conta própria". Não me parecem que sejam coincidentes.

Quando se fala em empreendedores, pensa-se em indíviduos como Bill Gates, Steve Jobs ou o fundador do facebook, cujo nome me escapa agora.

Empreendedor é um indíviduo que além de criar emprego para si próprio, tem qualidades, ideias, características e motivação para fundar uma empresa, fazê-la crescer e torná-la num negócio rentável.

Se consultar a Wikipedia verificará como considera a literatura económica o conceito de "empreendedor". Chamo a sua particular atenção para a definição de Schumpeter.

O link fica aqui:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Empreendedorismo

Miguel Madeira disse...

Por essa definição, não me parece que ser "empreendedor" seja algo que o individuo possa escolher ser - parece-me mais ou menos um trabalhador por conta própria a quem o negócio correu bem.

Miguel Madeira disse...

Já agora, indo à definição da wikipedia, começam logo por dizer que "há 19 milhões de pessoas consideradas empreendedoras no Brasil", e dando como referÊncia um artigo que diz "A chamada “taxa de empreendedorismo” subiu em 2009 de 12,02% para 15,3% da população economicamente ativa o que significa aproximadamente 19 milhões de pessoas com negócio próprio."

João Vasco disse...

Além daquilo que o Miguel Madeira disse, e bem, lembro que Passos Coelho falou na vontade de ser trabalhador por conta de outrem, que seria excessiva em Portugal e causa dos nossos problemas. Os factos mostram que isto é falso.

António Parente disse...

Miguel Madeira

Para mim, o empreendedorismo pode ter como embrião o trabalho por conta própria mas se não evolui para empresas que contratem trabalhadores e continua apenas a ser um negócio individual rentável, então não é empreendedorismo como penso que deve ser entendido.

Saliento, porque o meu comentário anterior pode levar à conclusão contrária, que não apoio as declarações de Passos Coelho. Pretendi apenas dar uma perspectiva nova: empreendedorismo não significa necessariamente trabalho por conta própria.

António Parente disse...

João Vasco

O que o Passos Coelho mostra, com as afirmações que fez, é que não tem soluções nem ideias para atenuar o problema do desemprego. Sabe, também, que a sua carreira política pode ser curta se a situação continuar a evoluir desfavoravelmente como é previsível.

João Pinto e Castro publicou no Jornal de Negócios uma análise magistral sobre o tema do empreendedorismo. Está aqui:

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=555265&pn=1

Vale a pena ler.

Maquiavel disse...

Entäo näo falemos de "auto-emprego", falemos em geral de PMEs per capita:
http://www.nationmaster.com/graph/eco_mic_sma_and_med_ent_num_percap-medium-enterprises-number-per-capita

E mais uma vez, os "calaceiros" do Sul estäo lá para cima. A Suécia acaba por ser um "outlier".
A conclusäo acaba por ser a mesma. O PPC repete a ladainha do "empreendedorismo" e nem sabe o que significa nem a realidade. Näo é de estranhar, ele nunca fez puto na vida.

Anónimo disse...

sim mascate e gigolô é empreendedor brasuca

isso e realizador de pornochanchada e atriz de novela

vendedor de quitutes garimpeiro
político de cidadezinha de interiô

coronel auto-proclamado jagunço de coronel

santo e pai de santo

mãe de santo e bicheiro...(nã é desses)

mas agora isto é só o joã bascu a arresponder a ele próprio?

A Democracia aLerta está ou já bateu as botas? disse...

Nã falemos de auto-emploi que foi o Brunetto Latini que deu emprego à traseira do Maquiavelismo
segundo rezam as lendas?

Falemos (ou escrevem?) de PME's há dois cafés por português ou é um café e um snack-bar?

Casas de alterne contam como auto-emprego ou como PME's

Chulo maquiavélico é dono de PME ou é auto-empregado?

A Democracia aLerta está ou já bateu as botas? disse...

Conta lá pá quantos putos fizeste na casa pia?

Se o PPC nã fez puto se calhar é porque nã tem os mesmos apetites

Num façam puto não ...usem pessoal partidarizado
se tiverem nexexidades

Nuno Gaspar disse...

Hum,
É preciso saber se grande parte desses trabalhadores por conta própria não são falsos recibos verdes, ó João Vasco.

A Democracia aLerta está ou já bateu as botas? disse...

estou indignado, bocemecê quer dizer que são pobres que afinal são ricos ou empresários ricos que afinal são pobres (pobres daqueles que trabalham para pagar a crise do capitalismo do parque Eduardo Mãos de Tesouro VII?)

sâmbătă, 12 mai 2012
BEM VINDO À PRIMA VERA GLOBAL TÁ CÁ UM DESTES CALORES QUE TÁ TUDO COM VONTADE DE INDIGNAR-SE MAS BAIXINHO
Pois lamento mas não estou disponível pra comentar


tenho o megafone ligado mas ninguém me liga Isto dos indignados deve cansar que tão todos na relva ou diz-se nas Relvas?

Bem Vindo à Primavera Global
Este Espaço é de Todos

Todos com um objectivo bem delineado: Con Testar DIZ O INDIGNADO A SOLDO DA SIC


O que é Que os traz aqui? QUESTIONA O SIC'ÁRIO



Bom é uma mobilização global contra o estado de coisas actualmente à escala mundial, o facto da crise do sistema capitalista estar a ser paga pelos mais pobres que trabalham a parte mais fraca da sociedade é por isso que eu estou aqui vai haver debates filmes lutar contra este estado de coisas convido desde já todos os espectadores da Sick nu tícias a vir ao Parque vamos fazer um mundo ou uma coisa parecida melhor uma coisa deste género

Trouxe também o cão como é que ele se chama ?
PERGUNTA O INDIGNADO E CURIOSO JORNALISTA

PIOR QUE O ANTERIOR DISCURSO NÃ PODE SER PENSARÁ ELE


Mudaria muitas hipocrisias as pessoas pobres que são ricas pessoas falsamente pobres que são ricas é uma grande falsidade é justamente estas assimetrias sociais nomeadamente o fosso entre os ricos e os pobres

DIZ O JORNALISTA INDIGNADO POR TER DE ANDAR A FALAR COM AQUELES GANZADOS A UM SÁBADO

Vamos falar com mais alguém nomeadamente com quem está com o megafone é a inês subtil

(EU ATÉ EXPLICAVA QUEM É A INÊS SUBTIL MAS SUBTILMENTE EVADO-ME A RESPONDER A PERGUNTAS PARVAS

o que é que se passa?
Não não não estou disponível peço desculpa DIZ INÊS SUBTILMENTE
MAS PARA NÃO PARECER MAL CRIADA ACRESCENTA

Claro estamos a tentar organizar as pessoas para se juntarem ali e ser lido um manifesto internacional um resumo dele e pRa depois dar informação sobre os próximos 4 dias em específico sobre o que vai acontecer hoje este é um espaço de todos e pra ser gerido por todos

A mudança é imparável isso sem dúvida....

A MUDANÇA NÃO TEM TRAVÕES

INDA HOJE ACORDEI E TAVA TUDO MUDADO

O MUNDO DE SEXTA-FEIRA DESAPARECEU

E O ROBINSON CU SUÉ NÃ TAVA NO MUNDO DO SÁBADO

É MAIS UMA CRUZ QUE O JORNALISMO TEM DE CARREGAR

MUDAR? MUDAMOS JÁ JÁ

MUDAR ?

EU MUDAVA MAS ESTA CRISE É ENERGÉTICA?
Publicat de ó Jão Basco e se te calasses...

eu sei quisto nã tem som
mas quando um indignado fala

ê penso aquele deve ser o jão vasco
o cão? nã disseram o nome
secalhar era jão basco

a gaja que acha que há empreendedores pobres que andam aos caixotes mas são ricos e hipócritas
como aquelas velhotas que comem do lixo mas têm 7000 contos (35 mil eurros por enquanto) no colchão
e ê pense (logo exit) esta gaija é capaz de se chamar...pois...é mania ê sei

o panteísmo é jã baskista

A Democracia aLerta está ou já bateu as botas? disse...

sâmbătă, 12 mai 2012
ONDE ESTÁ O WALLY JÃ BASKISTA NO PARK EDOUARD LE SEPTIÈME?
BUSQUEI PELAS RELVAS ESTRUMADAS PELOS CÃES

PROCUREI CAMISOLAS ÀS RISCAS E CAIXAS DE ÓCULOS

UM BIGODUDO ANUNCIAVA QUE ALI ESTAVA A INÊS SUBTIL

SUBTILMENTE IGNOREI A POSSIBILIDADE

DE INÊS TER UM PEDRO CHAMADO JÃO

E CONTINUEI A MINHA DEMANDA

NÃO LEVAVA BALAS DE PRATA NEM ESTACAS

PARA AFINFAR NO VAMPIRO JÃ BASKISTA

POIS ALÉM DE AS PODER VENDER E TROCAR POR MORFES

DESPERDIÇÁ-LAS NUM MORTO-VIVO PARECIA-ME ASSIS A MODOS QUE...PARVO

POIS HAVIA ALI TANTOS A ABATER QUE NEM OS ESTADOS UNIDOS

CONSEGUIAM EXTERMINAR TANTOS MORONS

E NASCEM MAIS DO QUE OS QUE SE MATAM É FATAL FICARMOS AFOGADOS NELES

MAS ADONDE ESTAVA O WALLY JÃ BASKISTA

MAS SEU NÃ QWERIA EXTERMINAR O BICHO

PRAQUÉ QUEU QUERIA SABER COMÉ QUÉ UM DINOSSÁURIO PLÍTICO

COM CÉREBRO REPTILIANO E AFINS

CATÉ ENVERGONHAVA OS SUPER-CÉREBROS DOS DINO´S DO JURASSIC PARK

SEI LÁ DEU-ME NA MONA (LISA? NEM POR ISSE) É A CRISE

É ISSO OU COMEÇAR A METER-ME NA INDIGNAÇÃO

E ANDAR A FUMÁ-LA OU CHUTÁ-LA PRÁ VEIA

AO FIM DUMA HORA E TAL APANHEI UMA OVERDOSE DE JÃO BASKISMO

E TIVE UMA EPIFANIA OU OUTRA GAJA QUALQUER NÃ PERGUNTEI

O JÃO BASKO TÁ EM TODO O LADO

O JÃO BASKO É DEUS OU PELO MENOS SATÃ

CALHOU TERMOS UM DEUS QUE NÃ DIZ COUSA COM COUSA

TAMOS FADADOS É ASSIS HÁ NOVE CENTOS DE PRIMAVERAS

GLOBAIS E REGIONAIS

COMPREM AGORA A PRIMA VERA GLOBAL

TEM DES CON TÓ DE 50% EM CARTÃO JÃ BASKISTA
Publicat de O jÃO BASKISMUS inda mexe?

asmelhoresfrancesinhas disse...

Assumindo que os dados da OCDE vêm do INE não, porque como se descobriu o ano passado na altura dos censos, o INE separa quem passa mais de X% dos seus recibos a só uma entidade e assume que trabalhadores são por conta de outrem.

Exilado no Mundo disse...

Mais uma excelente demonstração de que somos governados por um enorme aldrabão!

João Vasco disse...

Nuno Gaspar e asmelhoresfrancesinhas:

Confirmei que sim, que os dados da OCDE vêm efectivamente do INE. Assim, a objecção do Nuno Gaspar é respondida pela suposição (confirmada) do asmelhoresfrancesinhas.

Por outro lado, há ainda o link que o Maquiavel partilhou acima:
http://www.nationmaster.com/graph/eco_mic_sma_and_med_ent_num_percap-medium-enterprises-number-per-capita

João Vasco disse...

Exilado no Mundo:

Em termos de mentiras profundamente hipócritas creio que este vídeo é um verdadeiro concentrado: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=gNu5BBAdQec

Mas essas mentiras eram apenas o começo...

Rui Curado Silva disse...

Excelente, João.

Nuno Gaspar disse...

Ajuda-me João Vasco. Esse estudo diz mesmo que existem 693000 empresas em Portugal? JV, Cadê esse pensamento crítico? 693000? Onde é que elas estão? Temos que ir juntos conversar com essa malta do INE e saber a marca de tabaco que andam a fumar.

João Vasco disse...

Sim, diz que são «66.373 per 1,000 people».
O valor é assim tão absurdo? Tendo em conta que inclui mercearias, padarias, serralharias, oficinas,...

Mas se esse valor te parece tão inacreditável, devias ir falar com a malta do Jornal de Negócios: http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=417677 «Em 2008, existiam em Portugal 1.121.472 empresas, menos 0,5% do que no ano precedente.»

João Vasco disse...

«Por outro lado, as empresas não financeiras com menos de 10 pessoas representavam mais de 95% do total de unidades empresariais em 2008, diz o INE»

Pois é, mas Passos Coelho diz que não, que em Portugal as pessoas querem é trabalhar por conta de outrem. Em vez de formarem pequenas e médias empresas.

Nuno Gaspar disse...

Esses números têm que ser muito bem discutidos. Não estou a ver uma empresa activa em cada 10 portugueses. O que isso pode querer dizer é que é tão difícil encerrar uma empresa que, estando já mortas, as deixam enterradas em vala comum no cemitério das estatísticas. É muito fácil abrir mas para fechar é o cabo dos trabalhos. É mais um factor que afujenta a vontade de correr riscos.
Continuando a olhar para essa tabela marada: a Suécia tem uma das maiores relações empresas/número trabalhadores (99562/1000) e uma das menores taxas de empreendedorismo (9,6)???
Mas isso tudo é para dizer o quê, João Vasco? Que já temos empresas em qualidade e número suficiente? Ou que vamos continuar à espera que nos caia do céu o empreendedorismo que as vai substituir por outras capazes de criar mais riqueza?

António Parente disse...

João Vasco

De acordo com um estudo do INE, publicado em 2011, existiam 1 060 906 sociedades não financeiras em Portugal em 2009. Dessas, 711 295 eram empresas em nome individual. Relativamente à dimensão, 1 014 103 tinham menos de 10 trabalhadores e só 888 tinha mais de 250.

O estudo está aqui:

http://www.ine.pt/ngt_server/attachfileu.jsp?look_parentBoui=116400050&att_display=n&att_download=y

Boas leituras.

Gasel disse...

«E não é que Portugal é o quarto país da OCDE com mais «empreendedores», apenas ultrapassado pelo México, pela Turquia e pela Grécia? Sim, leram bem: a Grécia é o único país da UE com mais empreendedores que nós...


embora não mude o sentido do post, e a bem da verdade.. e a bem de ler bem quadros estatisticos... Portugal tb é ultrapassado pela Itália!

Nuno Gaspar disse...

Obrigado, António. Bom material para investigar.

Nuno Gaspar disse...

Ó João Vasco,
Há aqui qualquer coisa que não bate certo. O INE dá conta da existência de mais de um milhão de empresas. Para o Banco de Portugal não chegam a 400 mil http://www.bportugal.pt/pt-PT/ServicosaoPublico/CentraldeBalancos/Publicacoes/Biblioteca%20de%20Tumbnails/Estudos%20da%20CB%207_2012.pdf
Que as estatísticas são mentiras já sabiamos. Que se aproximam velozmente da categoria palpite é novidade.