sábado, 19 de novembro de 2011

E a ignorância dos professores e dos jornalistas, pá?

Anda tudo por aí muito indignado com um vídeo da revista "Sábado" (a tal onde escrevem Pacheco Pereira, Nuno Rogeiro e Alberto Gonçalves) que supostamente "demonstra" a suposta "ignorância" dos nossos estudantes universitários. A amostra de resposta é evidentemente tendenciosíssima, e só visa "confirmar" a tese que a revista quer demonstrar, só se tendo selecionado as respostas erradas, como é denunciado no Facebook por um dos alunos visados. Perante isto, só se surpreende quem quer. Mas eu pergunto: e com os jornalistas que perguntam "qual é o símbolo químico da água", ignorando que a água não é um elemento e, portanto, não tem símbolo químico, ninguém se indigna? Se fizessem um teste semelhante aos jornalistas da Sábado, com perguntas que não fossem escolhidas por eles, acham que as respostas seriam assim tão diferentes? E se fizessem um teste semelhante aos professores do secundário? Os "Homens da Luta" já o fizeram: experimentem verificar o resultado!



A este respeito vale a pena ler "Essa mania de criticar...", pelo Luís Cruz-Filipe.

15 comentários :

  1. Perguntar qual é o símbolo químico de uma molécula é a mesma coisa que perguntar qual é a fórmula química de uma molécula. Tanto quem pergunta como quem responde sabe do que se está a falar, sem ambiguidades. O resto são preciosismos áridos.

    Aliás, é hilariante como este preciosismo árido tem feito uma campanha semelhante àquele vídeo idiota. Este vídeo do tal jel é também idiota. Daí que nada disto me surpreendente, a idiotice viola a causalidade.

    ResponderEliminar
  2. Perguntar qual é o símbolo químico de uma molécula é uma parvoíce ....um símbolo é uma representação unívoca elemental

    dá distinção a cada elemento

    uma molécula tem simbologias IUPAQUICAS...

    Os "Homens da Luta" já o fizeram:
    O Pimba da canção revolucionária fez o quêi?

    experimentem verificar o resultado!
    Adonde filhote?

    e eu a pinsar que o ttdxo era u Jão Basquismus militanti....

    Pôs camarada Moura
    tal como estudantes universitários

    grafittaram a ofenciva ofensiva
    do anúncio da greve geral aqui no burgo

    ser professor ou intelectual (e obviamente antigo aluno universitário) dá no mesmo

    o erro e os conceitos alternativos
    são uma constante no processo de ensino-aprendizafagagem

    assis é normal que haja erros na reprodução das mensagens e dos memes

    numa sociedade com excesso de informação o erro tem bastas probabilidades de se propagar e amplificar

    alles klaaarrr?

    nem por isso?

    Gel só cunheçu u du cabelu...
    (um gel é uma dispersion coloidal solidus in medio liquidus)
    logus gel és uma gelatina qu'abana abana ma num diz nada

    é o neo-motorista do Carlos Cruz aquele que começou com os disparates dos apanhados (Candid Camera com 30 anos de atraso) em Portugal

    vivem dum energúmeno bacoco com uns vernizes culturais (como aquele(s) apresentador(es) de programas matutinos e concursóides
    que se divertem à custa de outros seus tontos hermanos

    é a mangar num faz mal

    ResponderEliminar
  3. Oops, parece que quem defende o preciosismo árido tem agora a bela companhia deste espécime acima ;) Se não existisse outro motivo, este sozinho far-me-ia pensar duas vezes ;)

    ResponderEliminar
  4. resumindo é impossível armazenar páginas de dados alguns são sempre distorcidos

    um estudante universitário tem um conhecimento empírico de toda a tecnologia Iphonica Iphodica ISmSéssica e das suas terminologias particulares...isso é cultura

    mim num percebe disso nem daquelas estopadas sobre futebol...isso também é conhecimento, como o ponta esquerda do tal e coiso penetra (Falicismo ) na defesa do coiso e tal

    logo conhecimentos sobre reis mortos ou sobre um tabelame instituido por um ruski mendeleviano pavloviano em reflexos imunitários metchenikovistas

    é residual para um estudante universitário que provavelmente só terá de atender telefones

    e saber os 104 ou 118 elementos da periodica

    ou saber ler uma tabela de marés
    o qué que isso dá em termos de incompetenças a alguém?

    O ensino serve apenas para aumentar a auto-estima individual

    Jão Bascus tem um canudo de física
    logo aumenta a probabilidade de ficar maluco (ainda mais?)ou de se dedicar a teorias esotéricas e ser um novo Magueijo ô similar
    (ahora geralmente é a gente inculta que inventa válvulas de ajuste hidráulico e outras ópticas visões da mecânica clássica e hard-rock

    ResponderEliminar
  5. Filho sinceramente imbecis de meia-idade e trintões de secretária tenho milhares na memória

    mais um menos um imbecilóide para a colecção

    já somos tantos

    hidrostaticamente alguns têm de sair

    ResponderEliminar
  6. resumindo ttdsxo disse...

    Oops, parece que tenho que largar a net e ir phoder o phoder

    que passar tempo com malucos iguais a mim

    num é seguro em termos de passage dos meus fracos genes

    (bês como és descodificável ó Jão Basquista de proveta)

    ResponderEliminar
  7. Filipe,
    esta discussão é completamente idiota. Perguntas de almanaque como as feitas aos alunos universitários ou a estes professores não demonstram nem refutam a «cultura geral» de ninguém. Isto são perguntas de concurso televisivo. Estão bem para o «quem quer ser milionário», e mais nada.

    ResponderEliminar
  8. Um aluno de 9º ano (escolaridade geral mais ou menos obrigatório e uranium) seu Alves dos Reis
    deveria saber a diferença entre elemento químico e alguma simbologia elementar associada e de um composto

    resumindo a cultura é o somatório de muitos campos

    e se já ninguém sabe plantar (porque as batatas têm semente) batatas nem criar frangos ou coelhos numa coelheira na marquise

    devia conhecer (e isto é exigir muito- memorizar) algo mais que os comandos dos diferentes telemóveis Iphodesphodes (este é fácil disse-me um uma vez só tem 3 canais de acesso-esqueceu-se que há modelos só com 2)Ipadcicerus e afins

    claro que meter virus e apossar-se de 100 mil ou 200 mil computadores em todo o mundo também pode ser uma competência com futuro

    mas há nexexxidade de conhecer o funcionamento básico do ser humano e dos seus ritos

    e nomenclaturas associadas
    (aquilo dos saberes básicos em que se gastam uns 15 mil milhões por ano)

    se o processo de transmissão aquisição num funciona

    deêm 1500 euros a cada portuga e ele que se desenrasque

    ResponderEliminar
  9. Ou seja saber extrair uma raiz quadrada...em professores ou alunos é uma tarefa matemática

    Saber factos banais e datas...é mais problemático

    101 anos de propaganda republicana não inculcaram o nome de brum da silveira e peyrelongue um azoriano de raiz afrancesada

    como o outro gaijo que se feiz nosso rei...hanriques qualquer coisa

    agora respostas destas

    Dê meia volta

    ou similares são peores que as perguntas

    saber em que século Portugal teve necessidade de dividir o mundo já seria difícil (e é o ponto alto em termos políticos-económicos de Portucale)

    a revolução francesa é um fenómeno europeu

    assis como aqui tamém ninguém sabe o ano da Magna carta ou da revolução americana que são prólogos (ou indíces? dessa grande revolução global que é o 25 de Abril

    de quando 2010? foi em 2010 ?
    foi foi feriado ...este ano se calhar tamém vai ser

    o que aconteceu nesse dia?
    a república ou coiso assim

    eu cá não ligo muito a essas coisas

    prefiro saber coisas que me sirvam para passar um bom bocado no friado
    do que do friado ensi

    já agora é verdade que o absinto dá cabo da memória?

    se calhar é disso...


    depois há professores esclarecidos que fazem Histórias de Portugal em disparates com alunos que não conseguiram ou nem tentaram ensinar...é assis

    é triste ma es la vida

    ahora com os gastos nas comemorações republicanas em 37 anos ao menos que já soubessem o nome dos presidente brum da silvêra
    aka O mANELiNHó Das ÉVORAS AÇORIANO

    LÁ POR OS GAJOS SEREM TODOS SINDICALISTAS E SÓ TEREM DE DAR 30% DAS AULAS DOS RESTANTES

    NEM TODOS TINHAM 60 ANOS
    E ATÉ HAVIA GAJOS COM FORMAÇÃO A HISTÓRIA

    SIMPLESMENTE CONHECER FACTOS BÁSICOS SOBRE UMA COISA COM 101 ANOS
    COSTA GOMES POIS CLARO SPÍNOLA COMO O ARRIAGA MAL AQUECERAM O LUGAR

    ESTES ÚLTIMOS DURAM 10 ANOS CADA E QUEM SABE DELES

    EANITO EL ESTÁTICO

    MAROCAS EL ECUNOMICUS

    SAMPAYO EL INCOMPREENSÍVEL

    CAVACUS AL GARVIUS

    E O PRÓXIMO É ?

    OU JÁ NÃ HÁ RES PÚBICA?

    ResponderEliminar
  10. ttdsxo disse...

    Oops, parece que , este sozinho far-me-ia pensar duas vezes ;)


    Bolas esse cérebro carcomido permite-te pensar duas vezes?

    eu nem consigo pensar uma quando cago...

    raiz quadrada de 81...
    e repare-se que aquela senhora de 60 e poucos anos intolerante

    é do tempo da memorização selectiva
    não é falhar factos e datas dúbias

    ou fazer uma operação simples
    é a atitude
    acabou o 9º o 10º ou o 12º os livros vão para o lixo
    (mesmo aqueles que os recebem pelo SASE o livro é uma coisa sem valor
    ocupa espaço não é divertido de ler

    como o Murakami ou o Harry da putas
    a questão é gastarem-se milhares de milhões em acções de formação e em mestrados e doutoramentos
    (a custo zero para professores do quadro) que só lhes serviram em termos salariais

    não sabiam improvisavam uma resposta

    em 101 anos de república eles duravam pouco logo lembro-me mais dos presidentes monárquicos (era umas chalaça táas a ber tás a beer
    Sagres a primeira cerveza que foi infante)

    tordesilhas como o outro disse século XV importa mais saber o significado de tordesilhas que saber a data

    revolução francesa idem

    raiz quadrada nunca vi tenho ali uns lírios com umas raizes assis a modos que...

    ou seja ó
    Alves dos Reis são (ou foram) professores-sindicalistas há que improvisar não deixar o Jã Basco que quer phoder phoder a catarrina se arme em engraçado para al cansar os seus fins...

    entendes pá...foram estáticos nas suas respostas é indicativo do ensino cassete da ideologia cassete

    se nã gostas do que o outro te diz
    refugias-te no status cu
    eu sou uma pedagoga
    estas minhas funcionárias não estão aqui para tratar dos vossos agravos

    (resposta a uma professora de 29 anos de Braga a quem uma miúda com 23 e 0 dias de ensino e 2 valores a menos passou à frente)

    é este espírito educativo...

    deixar um Jão Baskus cheio de Gel rir-se da patacoeira dos outros?
    chiça....

    ResponderEliminar
  11. percebido bis coito?

    nã é o teor das perguntas ou da falta de respostas é a atitude

    a falta de capacidade de argumentar

    mesmo em 15 linhas cheias de
    a idiotice viola a causalidade....

    idiótes, o homem privado aquele que não se mete em assuntoss do estado

    idiotices são as suas praticas privadas como violar criancinhas de 7 ou 9 anos
    a causalidade só a viola de tempos a tempos como qualquer grego que se quer reproduzir

    a causalidade era prima da cassandra

    mas não deu filme causalidade crossing tamém ficava mal

    ResponderEliminar
  12. Ó entidade dos múltiplos pseudónimos e do discurso desconexo,

    «importa mais saber o significado de tordesilhas que saber a data»

    ...concordei com esta!

    ResponderEliminar
  13. só...minha alma tá parva

    quanto ao discurso disconexo

    é só saber ligar os pontos...

    ResponderEliminar
  14. praa não dieaxr em terze

    a ordem das letras numa palavra não as torna ilegíveis se se mantiver a 1ª e a última letra dessa palavra sem alteração

    se o cérebro humano normalizado consegue fazer isso

    muito mais simples é pescar frases soltas

    e economicamente o episódio das Minas Gerais e do quinto do ouro fez mais pelas finanças portuguesas

    que o império mundial (a 50%) de tordesilhas

    é que ser o phoder militar global custa caro
    mesmo quando se mata chin's e jau's a panela de pólvora e a tiros de falcão

    já o dizia Oliveira Martins

    ResponderEliminar
  15. Ricardo Alves, o que disseste sábado às 23:07 é justamente um resumo do post.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.