terça-feira, 15 de novembro de 2011

Diziam que eram liberais e contra a intervenção do Estado na Comunicação Social

  • «A bem da Nação”, a informação emitida pela RTP Internacional deve ser “filtrada” e “trabalhada” pelo Governo, defendeu João Duque, nesta terça-feira de manhã. Um tratamento que, acrescentou, “não deve ser questionado”.» (Público)
  • «“A promoção de Portugal através da imagem ou do som deve ser enquadrada numa visão de política externa”, disse o economista, líder do grupo de trabalho para a definição do serviço público que sugeriu que a RTP Internacional passe a emitir sob orientação do Governo.» (idem)

4 comentários :

  1. sempre é melhor serviço púbico

    do que quando a isenção é feita por um grupo de alarves políticos

    curiosamente nos anos 90 o casamento de um professor de 28 anos com uma miuda de 12 apareceu nos principais jornais e na RTP como notícia de serviço púbico

    assim como muitas experiências informativas e televisivas
    e concursos e futebol e festivais

    de resto esta RTP nada difere da de 1957....

    em 1955 ainda não havia esse ornamento televisivo

    e a taxa da RTP era paga por quem tivesse uma televisão que eram poucos

    agora quer tenham $ ou tenham pouco
    tem quase tudo TV cabo caBOVISION e quejandos

    ou vê-se a TV espanhola em toda a raia
    ou compra-se um prato e um descodificador pirata

    e os restantes que só têm os 4 canais ou vão prá TVI ou para SIC
    ou o Gordo o Granger e o papalvo das manhãs na RTP

    logo para serviço púbico destes

    ou para uns milhares verem o 5 para a meia-noite ou outros programas auto-masturbatórios do ego dos homens da luta culturais

    olha assinceramente 18 eurros por ano por bPortuga
    e 100 e tal eurros de dívida porr pagar per capita

    se calhar era melhor fazerem um peditório

    deêm qualquer coisinha pó filho do Mendes...

    (por falar nisso o Carlos Cruz vai voltar na RTP memória como colega desse serviço púbico o Jules Is
    hidro ou algum cabo concorrencial axa que vale a pena pagar a um flop ?

    serviço púbico pois...
    valha-nos o filho do Fialho Gouveia
    (o boca cheia de papas...felizmente foram morrendo
    o Artur Agostinho só aproveitou
    35 anos de reforma
    e só os últimos 20 é que foram significativos em termos de cobres

    ResponderEliminar
  2. ...coitadinho de quem leva nas ventas com um duque tramposo destes e logo como prof...e que dizer da escolinha que o contrata...ufff! é de gritos...ganda relatório ou como a direitola sarronca se mostra inrudita carago...

    ResponderEliminar
  3. levaste nas ventas de quem ?

    e agostaste?

    sarronca cunheçu nã...duque é carta de jugar né?

    Quarta-feira, Novembro 16,uma data na memória do Blablabismo indiótico filho e pai de todas as crises (inclusive as de identidade) ou o que quer

    o quéqué prof processo rebolucionário origami fadunchêro?

    ResponderEliminar
  4. Quantas identidades pode um murcão ter

    The awnser my friend is blowing in the wind

    (achu que tá mai in correctu que as tiradas jã basquistas

    masoquista que gosta de levar nas ventas de tramp steamers teu nome é la di la....

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.