sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Reconhecer a verdade?

É surpreendente ver um bispo católico integrista a reconhecer a verdade, que «a 1ª República deu à Igreja mais liberdade» (evidentemente, a notícia pode não estar a reproduzir fielmente o sentido da intervenção; mesmo assim...).

Na realidade, a 1ª República libertou a ICAR portuguesa das amarras do regime de «religião de Estado» monárquico, que incluía o controlo estatal da nomeação de bispos e dos professores dos seminários. No entanto, à época a ICAR reagiu violentamente e criou o mito da «horrível perseguição», que dura até hoje. Talvez agora venham dar razão aos republicanos. A seguir.