terça-feira, 28 de setembro de 2010

Embaixadora mas não castradora!

De acordo com uma notícia que li no Ciência Hoje, é possível que a venhamos a ter uma mulher, a astrofísica Mazlan Othman, como Embaixadora da Terra junto a possíveis alienígenas, daqueles que eventualmente habitarão o espaço sideral, não dos que podemos encontrar ao virar da esquina.

Mas a parte da notícia que me fez pensar foi:

"Após o Tratado do Espaço Exterior de 1967, os membros da ONU acordaram que o melhor método para proteger a Terra de uma contaminação alienígena passaria pela esterilização dos extraterrestres, mas espera-se que Mazlan Othman apresente uma perspectiva mais tolerante."


De facto, quando li esterilização pensei que tivesse que ver com desinfectá-los com álcool..

Mas parece que não. O próprio Stephen Hawking não é da mesma opinião. E já o Jared Diamond dizia: se subjugámos os mais fracos da forma como fizemos, e em parte (uma parte pequena) nem sequer foi intencional, o que fariamos se encontrássemos uma civilização extraplanetária num patamar tecnológico menos avançado? E o que fariam "eles" se fosse ao contrário?...