quinta-feira, 26 de maio de 2011

Por baixo do verniz neoliberal, um velho conservador

Passos Coelho criou-se uma imagem de «liberal» não apenas na economia mas também nos valores sociais. Desde o tempo da JSD. Foi necessário que chegasse a putativo Primeiro Ministro para que o grande público descobrisse que tem (pelo menos) uma costela reacionária, capaz de sugerir que se faça novo referendo à Interrupção Voluntária de Gravidez. Se o PSD ganhar, teremos o reacender de várias guerras que se pensavam terminadas.