domingo, 22 de maio de 2011

Circuncisão

A cidade de S. Francisco quer proibir esta mutilação religiosa. Eu sou geralmente contra estas proibições, mas é verdade que as crianças não se podem defender e que esta mutilação, entre os americanos, tem como objectivo dificultar a masturbação. Um objectivo fantasioso, porquando sabemos que os americanos, com ou sem prepúcio, são os campeões mundiais da pornografia.

O promotor desta prática, o Dr. Kellogg (dos cereais), também advogou a destruição do clitóris nas raparigas, com ácido. Esta medida, salutar e moralizadora, não pegou por qualquer razão.

2 comentários :

  1. O Dr. Kellogg já morreu há 70 anos, coitado, era um "iluminado" com tiques de narcisismo e arrogância. Haverá muitas bestas por essa história fora a advogar imbecilidades.

    Sobre a circuncisão, não me constava que o seu principal objectivo fosse dificultar a masturbação, mas já não digo nada... Mas é um debate muito importante: o direito dos pais sobre a vida dos filhos - até onde pode/deve ir a sua autoridade!

    ResponderEliminar
  2. Parabéns à cidade de S. Francisco. Que se corte parte do pénis de uma criança, por pura vontade dos pais, parecerá provavelmente bárbaro daqui a 200 anos - pelo menos eu gostaria que parecesse (porque a mim já parece).

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.