terça-feira, 3 de maio de 2011

Os neoliberais deveriam defender o cheque-táxi

Os liberais são obrigados a pagar através dos seus impostos, extraídos coercivamente e sob risco de prisão, a existência de redes públicas de transportes. Mesmo que prefiram usar o seu Ferrari. Esta injustiça só pode ser resolvida com o cheque-táxi: em vez de usar dinheiro dos impostos dos liberais para pagar redes públicas de transportes com percursos, meios, redes e confortos decididos de forma centralizada (e portanto autoritária), o Estado deveria dar a cada pessoa um cheque-táxi, que os socialistas-estatistas poderiam usar para os seus tão queridos transportes públicos, enquanto os liberais os poderiam usar em táxis. Assim teriam liberdade de escolha do percurso, do tipo de combustível usado e até da cor dos sofás do seu transporte.

(Inspirado por uma conversa no twitter.)

1 comentário :

  1. A conclusão lógica do cheque-escola e do cheque-taxi só pode ser o cheque-latrina...

    Farto das casas de banho públicas???
    Longe do conforto do seu lar???
    Exiga a criação do cheque-latrina e bata á porta de qualquer desconhecido e suporte com o dinheiro do estado o uso do seu lugar especial...

    Com o cheque-latrina as casas de banho do país inteiro estarão disponíveis para a nossa defecação colectiva e a sua abertura á iniciativa privada...

    Viva a merda público-privada!!!

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.