quinta-feira, 22 de julho de 2010

A encenação dos feriados

As famosas Rosário Carneiro e Teresa Venda, que tão bem têm cumprido o papel de ala clerical do PS, votaram hoje sozinhas, no Parlamento, a sua famosa proposta de alteração ao calendário de feriados. Há aqui três mistérios. Primeiro: o porquê de apresentarem a proposta (para se ilibarem das tolerâncias de ponto aquando da visita do Papa?). Segundo: a razão de o PS as ter deixado a votar sozinhas (ter-se-ão fartado de as aturar?). Terceiro: que sentido faz estarem estas senhoras na bancada do PS?

1 comentário :

  1. Penso que faz sentido pela pluralidade do partido, sendo que à primeira vista, assim de cabeça, não me parece que se viole nenhum ponto da declaração de princípios.
    Agora, a nível de valores pessoais que defendo, não me revejo nestas suas propostas, especialmente pela defesa da cultura e história de um povo.

    ResponderEliminar

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.