quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Um bom exemplo

O município de Lisboa vai impor alguma racionalidade à sua divisão em freguesias, actualmente fragmentada em 53 (que vão das dezenas de habitantes às dezenas de milhares de habitantes), reduzindo o número de freguesias para 24. É um excelente exemplo, que deveria ser seguido por outras autarquias. (Mas nem todas têm um presidente chamado António Costa).