quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Financiamento público dos colégios de Cascais

Se há quem defenda que o Estado deve continuar a financiar as escolas privadas nos locais onde foram entretanto criados estabelecimentos de ensino público, por que haveríamos de nos ficar por aí? Princípios básicos de não-favorecimento por parte do Estado, ditariam que este também financiasse os colégios de Lisboa e Porto.