domingo, 16 de janeiro de 2011

Surpresa

Que me recorde, é a primeira vez que o PCTP/MRPP apoia um candidato do PS na primeira volta de uma eleição presidencial. Significativo, por isso, o argumento (embora discutível): «a reapreciação da campanha eleitoral tem tornado claro que o PS não apoia Alegre».