terça-feira, 19 de abril de 2011

Escalada da repressão na Síria

Numa manifestação em Homs, a oposição síria passou ontem de pedir reformas políticas para exigir a saída do ditador Assad. A resposta terá sido violenta, como é típico de um regime que nas últimas semanas já terá causado 200 mortos. A oposição síria encontrou a sua Praça Tahrir, a Praça do Relógio de Homs. Resta saber se a Europa ficará indiferente, assistindo em silêncio ao massacre.

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.