quarta-feira, 13 de abril de 2011

Devo ser um democrata «ortodoxo»

Talvez eu não conheça a Constituição em detalhe, mas o «pedido de informação» de Passos Coelho ao governo parece-me estranho numa democracia parlamentar. Que ele queira saber os défices das empresas públicas, acho natural: eu também quero saber. Que queira conhecer as «análises» do FMI/BCE, ainda mais compreendo. Mas, das duas uma: ou a informação é confidencial e não pode ser partilhada pelo governo, ou é pública e metem-na no blogue do governo. Se é informação que não está organizada ou que tem de ser procurada, o governo só tem que responder a um pedido do Parlamento - de que depende - ou do PR - que o nomeou. Não tem que dar resposta ao líder de um partido, sem esse pedido passar pelo Parlamento, por muito que o líder se ponha em bicos de pés.

É assim que penso: devo ser um democrata «ortodoxo», mas ainda acredito que é ao Parlamento que o governo responde.

Sem comentários :

Enviar um comentário

As mensagens puramente insultuosas, publicitárias, em calão ou que impeçam um debate construtivo poderão ser apagadas.