segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Uma opinião sobre Israel e a Palestina...

Na semana passada apanhei um taxi (em Philadelphia) e o taxista declarou-me quase imediatamente que era judeu, que tinha uma irmã em Tel Aviv, que ia muito a Israel e que me podia garantir que a esmagadora maioria dos judeus e dos árabes e dos drusos e dos beduinos quer é viver em paz. "Se não fosse a religião!" dizia ele desesperado.

2 comentários :

Zeca Portuga disse...

"Se não fosse a religião"!
Essa é boa!?

Então a religião também justifica os ataques no Iraque? Não são eles todos muçulmnos?

Ver a guerra como uma questão religiosa, é a mais do que uma estupidez... até porque há arabes dos dois lados da barricada.

Eis a forma amsi simples de justificar a ladroagem e o terrosismo judeu!!!

zé gato disse...

se um taxista o diz, então deve ser verdade.