domingo, 25 de janeiro de 2009

Homofobia

Ted Haggard, feroz crítico da homossexualidade, antigo presidente da National Association of Evangelicals (NAE) e conselheiro de George W Bush, em 2006 viu-se obrigado a confessar publicamente que recorria regularmente aos serviços de um prostituto e demitiu-se da NAE. Três anos depois, no meio de uma operação de relançamento da sua careira, foi apanhado outra vez, literalmente, com as calças na mão.

Ted Haggard é o fanático que insulta Dawkins no documentário "The Root of all Evil" e um feroz proponente do criacionismo. O reaparecimento da cara dele na televisão é recente e faz parte da estratégia de terra queimada da extrema-direita, que se está a organizar para fazer a vida o mais miserável possivel a Obama.

Em prol dos evangélicos devemos reconhecer que, embora a hipocrisia seja sempre uma coisa repugnante, devemos reconhecer-lhes o bom gosto de não violarem crianças, como é costume entre os católicos.

15 comentários :

JDC disse...

"devemos reconhecer-lhes o bom gosto de não violarem crianças, como é costume entre os católicos."

Olhe que tanto ódio e preconceito fazem-lhe mal. Ou acha mesmo que o católicos têm uma qualquer predisposição para abuso de menores? Se acha, tem estudos científicos que o comprovem?
A isto sim, chama-se catolicofobia e é tão mau como homofobia ou racismo. Pense nisso.

Filipe Castro disse...

Aqui nos EUA fala-se de 11.000 crianças.

Zeca Portuga disse...

Em Portugal, tais condutas têm saído de ateus, muitos de esquer, aguns do PS.

Tárique disse...

Zeca Portuga: está a falar do Padre Frederico? Era ateu de esquerda?

Mas diga lá então os nomes desses pedófilos do PS, estou curioso.

Filipe Castro disse...

Zeca: tente ler qualquer coisa sobre o que se passou aqui nos EUA durante os últimos 25 anos. Alguns seminários eram sedes de uma rede pedófila que se pensa que tem mais de 5.000 padres. Isto aqui não foi brincadeira e envolveu padres, bispos e cardeais.

Os processos em tribunal sucedem-se e a Igreja paga sem pestanejar porque há provas irrefutáveis: cartas, memorandos, testemunhos e confissões.

JDC disse...

Também os comunistas do Camboja ou na antiga URSS, por exemplo, cometeram atrocidades inegáveis em nome de uma ideologia. Acharia correcto que agora se afirmasse, pela mesma lógica, "como é costume com os comunistas"?

Tárique disse...

Se disser "como ERA costume entre os comunistas da URSS ... " acho que faz sentido e não falta à verdade ...

o Filipe estava a referir-se claramente à igreja católica americana por isso o que ele disse é absolutamente verdade

a igreja católica americana é uma mega-organização pedófila (11 000 crianças!!) a que o pápa dá cobertura total (sendo por isso cúmplice). essa é que é essa.

Joao disse...

"o bom gosto de não violarem crianças, como é costume entre os católicos"
No vosso blog podem escrever o que quiserem mas com disparates assim não podem ser levados a sério.
Eu até era, por vezes um, apreciador dos vossos textos, mesmo quando discordava.
Mas quando taxativamente afirmam "como é costume" hão de reconhecer que desfavorecem o que é a vossa causa.
Apontem os erros, não pode haver pessoas ou instituições acima da lei.
Agora generalizar assim...

Se Moncho disse...

O problema dos padres católicos é a obriga de serem celibatários. Isto produz um acumulo de hormônios, que faz que percam a cabeça. Em tempos era tolerado os padres terem amásia, mas no século XX isto foi considerado um escândalo. E a consequência foi os padres irem atrás das crianças, porque até há pouco eram as presas mais fáceis.

A ver se no Vaticano aprendem, e admitem de novo o matrimónio, ou quando menos reabilitam os trabalhos manuais.

Pedro Fontela disse...

O que eu acho curioso é que houve investigações à igreja nos EUA, na Irlanda, em Inglaterra, em Espanha mas em Portugal nada... a melhor solução para manter a inocência de alguém é não procurar econtrar os podres.

Anónimo disse...

Pois fontela, pensava que iria reconhecer que a ICAR em Portugal nao tem padecido desses problemas mas isso nao interessa pois nao? a coerència é algo que só acontece aos outros nao é?

Tárique se quiser saber pergunte a alguns integrantes de algumas assocoaçoes muy laicas e jacobinas que por aí andam, nao é que eles o sejam mas conhecem primos que...

Pedro Fontela disse...

Anónimo,

Se houve o mesmo problema em vários sitios com a mesma organização porque é que Portugal seria diferente? A falta de uma investigação generalizada à organização a nivel global revela apenas uma estratégia de contenção de estragos.

Anónimo disse...

Tárique:o quê?bomba antónia no Japão,Sukarno na Indonésia,as matanças na India ,Uganda,hutu,etc,Vietnam,toda a América Latina,a fome com superprodução de cereais,os esquadrões da morte,Guantanamo,PALESTINA (palhaço!),o Kosovo estado independente para distribuir o ópio que os heróicos soldados da NATO tão bem defendem e fazem tudo para aumentar a produção,os membros desse 'governo' metidos em tráfico de órgãos,até mete NOJO!E,agora,o genocidio do povo de Gaza por causa do gaz em q o tóni bliar vai ganhar algum ,depois de ter sido 'nomeado'para tratar do Medio Oriente-vê-se,do q está a tratar....

Filipe Castro disse...

Comunistas!? Mas eu estava a falar de religião organizada! De católicos e protestantes. E a maioria dos escândalos entre protestantes é com prostitutos de "idade legal" ao passo que a maioria dos escândalos com católicos metem rapazinhos. Isto é assim tão disparatado que mereça a indignaço dos católicos?

O que me indigna a mim é que ninguém tenha investigado o envolvimento da ICAR na fuga do Padre Frederico. Ou que ninguém se indigne de ele ter uma paróquia no Brasil!

João Moutinho disse...

"O que me indigna a mim é que ninguém tenha investigado o envolvimento da ICAR na fuga do Padre Frederico. Ou que ninguém se indigne de ele ter uma paróquia no Brasil!"
Assim tem toda a razão.
E para continuar a tê-la há que não generalizar como sendo um costume a prática de abuso de menores por parte de padres católicos.